Esporte Nacional

Com exclusão de Di Grassi, Ricardo Maurício vence a Corrida do Milhão

COMPARTILHE
19

Pela segunda vez na carreira, Ricardo Maurício levou o gordo prêmio da Corrida do Milhão, válida pela sétima etapa da Stock Car, disputada neste domingo, no Autódromo de Interlagos, em São Paulo. O piloto da Eurofarma herdou a posição de Lucas Di Grassi, que acabou excluído da prova por uma manobra irregular.

Correção: Húngaro supera Messi e fatura o Prêmio Puskás de gol mais bonito

A nota enviada anteriormente continha erros no título e nos dois primeiros parágrafos. O...

Mãe que narra jogos do Palmeiras para filho deficiente visual leva prêmio da Fifa

A Fifa anunciou nesta segunda-feira, em Milão, na Itália, a lista dos destaques do...

Húngaro Dániel Szóri supera Messi e fatura o Prêmio Puskás de gol mais bonito

Um gol de bicicleta ganhou nesta segunda-feira o Prêmio Puskás de gol mais bonito...

O pódio da 11ª edição da corrida, disputada anualmente no autódromo paulistano, foi completado por Gabriel Casagrande (Crown Racing), em segundo, e o ainda líder do campeonato, Daniel Serra (Eurofarma), em terceiro.

Três vezes vencedor da prova especial, que oferece uma premiação de R$ 1 milhão ao vencedor, Thiago Camilo (Ipiranga) ficou apenas com o quarto lugar, seguido por Bruno Batista (RCM Motorsport) e Felipe Fraga (Cimed). Já Rubens Barrichello, da Full Time Sports, sofreu com um problema na bomba de combustível e teve de abandonar a disputa na 9ª volta, visivelmente emocionado ao sair do carro.

Continua depois da publicidade

Convidado da equipe Eurofarma para o evento, Lucas Di Grassi teve um ótimo desempenho durante todo o fim de semana em São Paulo, fazendo o melhor tempo nos treinos livres de sexta-feira e conquistando a pole position no sábado. Neste domingo, porém, depois ao ultrapassar Maurício, acabou manobrando com o carro em área considerada irregular.

Como punição, a direção da prova penalizou o campeão da Fórmula E em 2017 com um “drive through” (passagem extra pelos boxes, em velocidade mais baixa). Di Grassi, entretanto, optou por não cumprir a determinação e cruzou a linha de chegada em primeiro, o que acabou fazendo com que fosse excluído da corrida, dando a vitória a Maurício.

“O Di Grassi estava superior o fim de semana inteiro, com ótima velocidade em reta. Quando ele me passou, usou as quatro rodas fora da pista. Com isso, caiu no colo. Tivemos uma sexta bem difícil, com muitos problemas, e é inacreditável o carro que a equipe conseguiu me entregar. Estou muito feliz”, comemorou Maurício.

A Corrida do Milhão deixou o campeonato mais confortável para Daniel Serra, que manteve sua liderança, agora com 212 pontos, sete adiante de Maurício. Em seguida, vêm Thiago Camilo, com 185, Júlio Campos, da Prati-Donaduzzi, com 179, e Rubens Barrichello e seus 168 pontos.

“Foi uma das minhas melhores corridas da vida, extrai tudo o que tinha, executei tudo, não veio o milhão, mas saio líder. Minha meta é ser tricampeão e entramos agora na reta final do campeonato”, ponderou Serra, na saída do pódio.

A próxima etapa da Stock Car, a oitava da temporada, está marcada para 15 de setembro, no circuito de Velopark, na cidade de Nova Santa Rita, região metropolitana de Porto Alegre (RS).

Estadao Conteudo
Copyright © 2019 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Publicidade