Economia

Alcolumbre: 'Temos por parte do governo a minuta do novo Pacto Federativo'

COMPARTILHE
18
Advertisement
Advertisement

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), comemorou nesta terça a apresentação pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, do que chamou de “minuta” do Novo Pacto Federativo. O ministro sinalizou com medidas que significarão a descentralização de R$ 500 bilhões para Estados e municípios em 15 anos.

BC: mudanças no cheque especial podem reduzir despesas com juros em até R$ 7,2 bi

As mudanças feitas no cheque especial, uma das linhas mais caras do País, podem...

Meta é incluir informais no mercado formal no pós-pandemia, diz secretário

O secretário especial de Previdência e Trabalho, Bruno Bianco, afirmou nesta quinta-feira, 4, que...

Acordo será assinado com Receita para apoiar programa do auxílio de R$ 600

O secretário-executivo do Ministério da Cidadania, Antônio Barreto, afirmou nesta quinta-feira, 4, que um...

Segundo Alcolumbre, a reunião foi “muito produtiva”, com participação de cerca de 50 dos 81 senadores. Serão necessárias de quatro a cinco emendas constitucionais para implementar as medidas negociadas.

A presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado, Simone Tebet (MDB-MS), afirmou que as medidas serão de iniciativa do próprio Senado, para que os textos comecem a tramitar na Casa.

Advertisement
Advertisement
Continua depois da publicidade

A senadora disse ainda que não defende o fim da Lei Kandir, que desonerou exportações do pagamento do ICMS. A solução, segundo ela, precisa ser uma nova fonte de compensação para os Estados que perdem arrecadação.

Idiana Tomazelli
Estadao Conteudo
Copyright © 2019 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Advertisement

Ajude o bom jornalismo a nunca parar! Participe da campanha de assinaturas solidárias do AQUINOTICIAS.COM. Saiba mais.