Internacional

Google manipulou votos na eleição de 2016 e deveria ser processado, diz Trump

COMPARTILHE
11

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou hoje que o Google “manipulou de 2,6 milhões a 16 milhões de votos para Hillary Clinton na eleição de 2016”. Em mensagem no Twitter, Trump afirmou que o fato foi revelado por um suposto partidário da democrata Hillary, ex-primeira-dama e ex-secretária de Estado, não por um apoiador dele.

Sem Guaidó, parte da oposição aceita negociar com Maduro na Venezuela

Um grupo de partidos oposicionistas minoritários concordou em iniciar negociações com o governo do...

Trump: não quero guerra com ninguém, mas estamos preparados

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou que "não quer guerra com ninguém",...

Evidências mostram que armas do Irã foram usadas em ataque, diz saudita

Porta-voz militar da Arábia Saudita, o coronel Turki al-Malki afirmou nesta segunda-feira que as...

“O Google deveria ser processado. Minha vitória foi ainda maior do que o pensado!”, afirmou Trump na mensagem, que ainda traz uma referência ao Judicial Watch, uma fundação conservadora que se define como apartidária e promotora da transparência e da integridade no governo.

Depois da mensagem de Trump, a ação da empresa reduziu um pouco os ganhos, mas manteve-se em patamar positivo, acompanhando o bom humor do mercado acionário americano em geral. Às 13h38 (de Brasília), o papel da Alphabet, controladora do Google, subia 2,01%.

Continua depois da publicidade

Gabriel Bueno da Costa
Estadao Conteudo
Copyright © 2019 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Publicidade