Economia

Inflação anual da zona do euro desacelera a 1% em julho, aponta revisão

COMPARTILHE
16

O índice de preços ao consumidor (CPI, na sigla em inglês) da zona do euro subiu 1% na comparação anual de julho, desacelerando em relação ao aumento de 1,3% verificado em junho, segundo dados finais divulgados hoje pela agência de estatísticas da União Europeia, a Eurostat. O resultado de julho ficou abaixo da leitura prévia e da projeção de analistas consultados pelo The Wall Street Journal, de 1,1%.

Maia: falta de apoio de senadores do NE à PEC paralela não facilita tramitação

Para o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), o apoio dos deputados à chamada...

Correção:Relator da PEC dos fundo amplia uso de recursos desvinculados

A matéria enviada anteriormente continha uma incorreção. No parecer, o senador manteve a extinção...

Alcolumbre diz que decidiu encerrar sessão por falta de acordo de procedimento

Sem avançar em nenhuma das pautas do dia, o presidente do Senado, senador Davi...

A leitura final deixou a inflação na zona do euro mais distante da meta do Banco Central Europeu (BCE), que é de uma taxa ligeiramente inferior a 2%.

Em relação a junho, o CPI da região caiu 0,5% em julho, vindo um pouco abaixo da projeção do mercado, que era de queda de 0,4%.

Continua depois da publicidade

Apenas o núcleo do CPI do bloco, que exclui os preços de energia e de alimentos, teve acréscimo anual de 0,9% em julho, confirmando a estimativa preliminar. Fonte: Dow Jones Newswires.

Estadao Conteudo
Copyright © 2019 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Publicidade