Economia

IPC-Fipe avança 0,27% na 2ª quadrissemana de agosto

COMPARTILHE
13

O Índice de Preços ao Consumidor (IPC), que mede a inflação na cidade de São Paulo, subiu 0,27% na segunda quadrissemana de agosto, acelerando em relação ao ganho de 0,12% observado na primeira quadrissemana deste mês, segundo dados publicados hoje pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe).

Maia: falta de apoio de senadores do NE à PEC paralela não facilita tramitação

Para o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), o apoio dos deputados à chamada...

Correção:Relator da PEC dos fundo amplia uso de recursos desvinculados

A matéria enviada anteriormente continha uma incorreção. No parecer, o senador manteve a extinção...

Alcolumbre diz que decidiu encerrar sessão por falta de acordo de procedimento

Sem avançar em nenhuma das pautas do dia, o presidente do Senado, senador Davi...

Na segunda leitura de agosto, quatro dos sete componentes do IPC-Fipe subiram com mais força ou reduziram deflação. Foi o caso de Habitação (de 0,62% na primeira quadrissemana para 0,88% na segunda quadrissemana), Alimentação (de -0,24% para -0,05%), Transportes (de 0,01% para 0,13%) e Despesas Pessoais (de -0,50% para -0,37%).

Por outro lado, dois itens avançaram em ritmo mais contido, caso de Saúde (de 0,48% para 0,41%) e Educação (de 0,45% para 0,33%), enquanto a categoria Vestuário passou de inflação de 0,17% para estabilidade nos preços.

Continua depois da publicidade

Veja abaixo como ficaram os componentes do IPC-Fipe na segunda quadrissemana de agosto:

– Habitação: 0,88%

– Alimentação: -0,05%

– Transportes: 0,13%

– Despesas Pessoais: -0,37%

– Saúde: 0,41%

– Vestuário: 0,00%

– Educação: 0,33%

– Índice Geral: 0,27%

Sergio Caldas
Estadao Conteudo
Copyright © 2019 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Publicidade