Geral

Assaltante morre após policial civil reagir a tentativa de roubo nos Jardins

COMPARTILHE
41
Advertisement
Advertisement

Um assaltante morreu neste sábado, 17, após a vítima, um policial civil de folga, reagir à abordagem. A ocorrência foi em frente a um restaurante na Rua Maria Carolina, no Jardim Paulistano.

Presidente do ICMBio confirma presença em reunião de pecuaristas

Criada para preservar a floresta amazônica e os modos de vida tradicionais de comunidades...

Advogada passa por revista íntima no PA; OAB considera procedimento 'vexatório'

Uma portaria da Secretaria de Administração Penitenciária do Pará determina que advogados devem passar...

Educação infantil registra aumento de 12,6% nas matrículas

O número de crianças com até seis anos de idade matriculadas nas creches e...

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo (SSP), o policial de 55 anos estava na fila de espera do lado de fora do restaurante, acompanhado da mulher e do filho, quando o homem de 22 anos se aproximou e anunciou o assalto.

A vítima se identificou e deu voz de prisão ao assaltante, que não obedeceu e sacou uma arma. Neste momento, o policial reagiu e baleou o jovem. Ele chegou a ser levado para o pronto-socorro da Lapa, mas não resistiu aos ferimentos.

Advertisement
Advertisement
Continua depois da publicidade

O assaltante estava com um revólver calibre 38 com a numeração raspada, carteiras, dois celulares e dois relógios roubados. Todos os objetos, além da arma do policial civil utilizada na ação, foram apreendidos pela perícia.

A ocorrência foi registrada pelo Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP) como roubo, resistência e morte decorrente de intervenção policial.

Estadao Conteudo
Copyright © 2019 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Advertisement