Geral

Pais deixam filho usar vestido em casamento e são criticados

COMPARTILHE
34

A escocesa Joanna Minuzzo, 39, chamou atenção nos últimos dias após deixar seu filho, de dois anos, usar um vestido em seu casamento com o pai da criança, o australiano Najee Minuzzo, de 31.

Raquel: escolas devem combater discriminação de gênero

A procuradora-geral, Raquel Dodge, entende que é cabível a interferência do Supremo para garantir...

Contaminação por bactéria leva Anvisa a suspender marcas de lenços umedecidos

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) determinou a suspensão da comercialização e da...

Queda de aeronave deixa dez pessoas feridas em Manaus

Dez pessoas ficaram feridas após a queda de avião monomotor modelo Caravan, em Manaus,...

Em entrevista ao Daily Mail, a mulher, que tem outras duas filhas com o homem, conta que ofereceu ao garoto um colete, terno e um kilt (saia usada por escoceses), mas ele se recusou e começou a chorar.

A mãe suspeitou então que o pequeno queria ficar como as irmãs, e lhe deu um vestido com babado uma semana antes do matrimônio, uma vez que ele havia pedido para usar uma fantasia da Minnie Mouse em janeiro deste ano.

Continua depois da publicidade

“Parte de mim queria proibi-lo, mas me pergunte porque estava agindo assim e vi que não tinha razão para ele não usar o vestido. Ele é só um garotinho normal que gosta de roupas bonitas”, disse.

O pai aceitou a ideia e vestiu o filho com o traje sem qualquer discriminação. No entanto, Najee e Joanna ouviram comentários preconceituosos no casamento: parentes questionaram a decisão, dizendo que os pais “o deixaram gay”.

“Eu estou educando meus filhos para que se sintam seguros o suficiente para serem realmente quem são e gentis e inclusivo com os outros”, afirmou. “Temos uma geração de adultos que têm muito medo de serem eles mesmos por receio de serem julgados. Então quero que meus filhos saibam que a única opinião que eles têm sobre eles é a deles próprios”, completou.

Estadao Conteudo
Copyright © 2019 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Publicidade