Esporte Nacional

Brasileira é 4ª em evento-teste do triatlo com fim bizarro e afetado pelo calor

COMPARTILHE
12

O evento-teste feminino do triatlo para Tóquio-2020, realizado nesta quinta-feira, teve seu percurso reduzido por causa das altas temperaturas que podem impactar na Olimpíada do próximo ano e ainda ficou marcado pela desclassificação das duas primeiras colocadas por falta de competitividade. Com isso, a brasileira Vittoria Lopes ficou na quarta posição.

Com pênalti marcado pelo VAR, Corinthians busca empate com o Goiás no final

Com caras novas em relação às últimas partidas, o Corinthians contou com um pênalti...

Na estreia de Valentim no Botafogo, Vasco vence rival e abre folga para a degola

Em um clássico sem muita técnica, mas disputado com enorme disposição, o Vasco derrotou...

Correção: Cruzeiro encerra jejum e impõe 1ª derrota a Fernando Diniz no São Paulo

A matéria enviada anteriormente continha um erro no primeiro parágrafo. O jejum de vitórias...

As britânicas Jessica Learmonth e Georgia Taylor Brown cruzaram a linha de chegada de mãos dadas e foram desqualificadas sob a alegação de que nenhum esforço para separar seus tempos de chegada foi realizado. Assim, a vitória ficou com Duffy Flora, de Bermudas, com a marca de 1h40min19, seguida da italiana Alice Betto, com 1h40min54, e da britânica Vickey Holland, com 1h41min11.

Vittoria Lopes, recentemente medalhista de prata na disputa feminina do Pan de Lima, foi a quarta colocada, com 1h41min21, com Luisa Baptista, ouro no Peru, ficando em 11º lugar, com 1h42min07.

Continua depois da publicidade

A União Internacional de Triatlo (ITU, na sigla em inglês) reduziu a parte de corrida de 10 quilômetros para 5 quilômetros na prova desta quinta-feira porque as temperaturas atingiram o que denominou “níveis extremos”.

“Houve um consenso total de todas as partes para a decisão dos médicos, delegados e delegados técnicos da ITU para encurtar a distância percorrida para 5km, considerando a saúde dos atletas”, disse a ITU em um comunicado.

O verão quente e úmido de Tóquio é uma grande preocupação para os organizadores dos Jogos Olímpicos de 2020, que começarão em 24 de julho. Temperaturas rotineiramente pairam em torno de 32ºC, como foi nesta quinta-feira com uma previsão de 36ºC no sábado. A temperatura da água também esteve muito quente, em 30,3ºC, segundo a ITU. A prova começou às 7h30 (horário local).

“A ITU informou a Tóquio-2020 que uma revisão abrangente é necessária em breve após as competições desta semana”, disse Masa Takaya, porta-voz do Comitê Organizador de Tóquio-2020.

Estadao Conteudo
Copyright © 2019 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Publicidade