Economia

Após dez anos, BC voltará a vender dólares à vista

COMPARTILHE
5

Após mais de dez anos, o Banco Central voltará a promover operações de venda direta de dólares ao mercado financeiro. Em meio à crescente busca das empresas brasileiras por dólares, o BC anunciou que ofertará lotes diários da moeda americana entre 21 e 29 de agosto. Os valores ainda serão anunciados.

Inflação anual ao produtor alemão desacelera a 1,1% em julho

A taxa anual de inflação ao produtor da Alemanha, medida pelo índice conhecido como...

BNDES divulga lista de 134 compradores de jatinhos da Embraer, de 2009 a 2014

Com a justificativa de que pretende ser mais transparente, o Banco Nacional do Desenvolvimento...

FGTS vai distribuir 100% do lucro em 2018, que soma R$ 12,2 bilhões

O Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) vai distribuir a seus cotistas...

Uma operação assim não ocorria no Brasil desde fevereiro de 2009, quando o BC foi obrigado a ofertar dólares ao mercado para manter a liquidez após o estouro da crise financeira global. Agora, o motivo da ação do BC é outro.

O Estadão/Broadcast apurou que, nos últimos meses, a instituição tem identificado um movimento de troca de dívida por grandes empresas brasileiras. Muitas estão quitando operações de crédito no exterior e, ao mesmo tempo, fechando novas operações de financiamento dentro do País. Na prática, ocorre a chamada “rolagem” da dívida, mas o compromisso deixa de ser com instituições de outros países e passa a ser com instituições locais.

Continua depois da publicidade

De fato, os dados do BC mostram que, em 12 meses até junho, o saldo referente a títulos emitidos por empresas no mercado externo caiu 34,5%. No mesmo período, o saldo de títulos de dívida emitidos no mercado brasileiro subiu 34,4%.

O problema é que, para quitar os compromissos no exterior, as empresas precisam de dólares. Isso tem aumentado a procura pela moeda americana no Brasil.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Fabrício de Castro
Estadao Conteudo
Copyright © 2019 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Publicidade