Economia

Coreia do Sul faz aceno comercial ao Japão e diz apoiar negociações

COMPARTILHE
10

O presidente da Coreia do Sul, Moon Jae-in, fez um aceno ao Japão com a intenção de encerrar a disputa comercial entre os dois países, ao dizer que Seul irá “de bom grado dar as mãos” se Tóquio quiser conversar. Em discurso televisionado nacionalmente, Moon minimizou a ameaça representada por lançamentos balísticos de curto alcance testados pela Coreia do Norte recentemente e expressou a esperança de que os americanos e os norte-coreanos em breve retomarão as negociações nucleares.

Senado aprova projeto que prorroga apropriação de créditos do ICMS por Estados

O Senado aprovou um projeto que adia de 2020 para 2033 o prazo que...

Bolsas de NY fecham em baixa com dado de varejo pesando

As bolsas de Nova York fecharam em baixa nesta quarta-feira à medida que, em...

Assinada MP que pode dar desconto de até 70% em dívidas com a União

O presidente Jair Bolsonaro assinou hoje (16) a Medida Provisória (MP) do Contribuinte Legal,...

“Se um país arma um setor onde tem uma vantagem competitiva, a ordem do livre-comércio pacífico inevitavelmente sofre. Um país que conseguiu o crescimento primeiro não deve largar a escada enquanto outros estão seguindo seus passos”, disse Moon, em referência ao Japão. “Se o Japão, melhor tarde do que nunca, escolher o caminho do diálogo e da cooperação, teremos o prazer de dar as mãos.” Fonte: Associated Press.

Estadao Conteudo
Copyright © 2019 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Continua depois da publicidade