Economia

Guedes deve ir ao Senado apresentar pacto federativo

COMPARTILHE
19

O ministro da Economia, Paulo Guedes, irá ao Senado apresentar o pacote de revisão do chamado pacto federativo. A votação de propostas que envolvem a distribuição de recursos para Estados e municípios faz parte do acordo com líderes do Senado para votar a reforma da Previdência em outubro.

Petroleiros avaliam propostas de acordo coletivo da direção da Petrobras

Os empregados da Petrobras participam de um processo de consulta promovido pelos sindicatos para...

BB passa a oferecer taxas de acordo com prazo de financiamento imobiliário

O Banco do Brasil anunciou nesta terça-feira novas taxas para financiamento imobiliário, com taxas...

Bradesco diz que pode oferecer crédito imobiliário com IPCA, mas cita riscos

O diretor executivo e de Relações com Investidores do Bradesco, Leandro Miranda, disse que...

O líder do governo no Senado, Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE), negou que a União esteja abrindo mão de recursos no pacto federativo, mas reforçou que as propostas a serem votadas englobam novas receitas para Estados e municípios. O governo, afirmou, vai tentar antecipar a votação da reforma da Previdência – programa para ser concluída no dia 2 de outubro.

Acordo

Continua depois da publicidade

Ao falar sobre o pacto federativo, o presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), negou que a reforma da Previdência esteja condicionada às propostas dos Estados e municípios. Ontem, em entrevista ao Broadcast Político, o líder do governo disse que a distribuição de recursos para governadores e prefeitos facilita a aprovação da reforma.

Nesta terça-feira, 13, outros senadores também admitiram a vinculação entre os dois temas. “Esse acordo praticamente dá condição de se aprovar a reforma da Previdência”, declarou o líder do PSD no Senado, Otto Alencar (BA).

“Tudo que nós pudermos fazer, nós faremos, desde que esse preço não atinja os mais pobres e tire benefício para quem é privilegiado”, afirmou a senadora Kátia Abreu (PDT-TO), que exige a votação do pacto federativo antes da reforma da Previdência. Ela afirmou ter pontos que concorda na reforma e outros que defende alteração.

Daniel Weterman
Estadao Conteudo
Copyright © 2019 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Publicidade