Agronegócio Regional

Produtores de Alegre vão participar do III Concurso de Qualidade do Cacau Capixaba

COMPARTILHE
66

Produtores de Alegre confirmaram presença no III Concurso de Qualidade do Cacau Capixaba. As inscrições terminam nesta semana e Cacauicultores de todo Espírito Santo têm até o dia 10 de julho para inscrever as amostras.

Jovens transformam a vida de comunidade em Alegre e evitam o êxodo rural

A comunidade de Feliz Lembrança, na zona rural de Alegre, virou exemplo de sucesso...

Venda Nova do Imigrante vai sediar a maior feira do Agroturismo do Brasil

O município de Venda Nova do Imigrante sediará a 15ª edição da Feira Nacional...

Presidente da Coocafé avalia resultados de 40 anos da cooperativa e fala sobre o futuro do setor cafeeiro

Por Elias Carvalho A Cooperativa dos Cafeicultores da Região de Lajinha (Coocafé) realizou no último...

Do Caparaó, apenas Alegre participará do concurso. E da região Centro Sul, confirmaram presença os produtores de Iconha. O evento acontecerá na cidade de Linhares e a expectativa é de que o número de inscritos este ano seja maior do que nas edições anteriores.

“O concurso tem o objetivo de incentivar a produção de cacau de qualidade, pois somente com boas amêndoas é que temos bons chocolates. Com o incentivo à qualidade, estamos também apoiando a diversificação agrícola no Estado e gerando emprego e renda no campo”, disse Lucas Calazans Santos, extensionista do Incaper e coordenador do Centro Regional de Desenvolvimento Rural do Incaper (CRDR) Rio Doce.

Continua depois da publicidade

O concurso é dividido em duas categorias: Linhares e demais municípios. Os produtores de Linhares interessados em participar devem levar suas amostras até a Secretaria de Agricultura do Município. Os cacauicultores dos outros municípios capixabas devem procurar o Escritório Local de Desenvolvimento Rural (ELDR) do Incaper dos municípios onde moram. “As amostras devem ser entregues em sacaria de ráfia nova, que não foi utilizada anteriormente”, lembra o extensionista do Incaper.

As dez melhores amostras de cada categoria classificadas pela prova de corte serão processadas pela fábrica da Ceplac, em Ilhéus, na Bahia, para a produção de chocolates. Os vencedores serão definidos na prova de degustação: um júri especializado fará a análise sensorial das amostras. No dia 21 de agosto será feita a cerimônia de premiação.

Publicidade