Segurança

Fotógrafo morre após bater a cabeça no chão durante briga em Cachoeiro

COMPARTILHE
5338
Advertisement
Advertisement

Uma briga na tarde desta sexta-feira (26) terminou com a morte do fotógrafo Paulo César Mota Moreira, de 54 anos. O caso aconteceu no bairro Bela Vista, em Cachoeiro de Itapemirim.

Advertisement
Continua depois da publicidade

De acordo com as primieras informações da Polícia Militar, Paulo teve um desentendimento com outro homem e eles entraram em luta corporal. O fotográfo teria sido jogado no chão e na queda bateu a cabeça, ocasionando um intenso sangramento.

Uma equipe do Corpo de Bombeiros foi acionada por volta das 13h40, mas Paulo já estava morto quando o socorro chegou. A suspeita é que ele tenha tido um traumatismo craniano.

O suspeito do homicídio ainda não foi localizado pela polícia. O caso será investigado pelo Departamento Especializado de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). O corpo de Paulo foi removido para o Serviço Médico Legal (SML) de Cachoeiro.

Continua depois da publicidade

O fotógrafo era bastante conhecido no município e ganhou repercussão no ano passado quando ficou 20 dias desaparecido. Na época, a filha dele divulgou o caso na imprensa pedindo ajuda para encontrar o pai, que foi localizado dias depois na rodovia do Frade andando sem destino certo, próximo à localidade de Poço Dantas. Na ocasião, a filha disse que o pai sofria de depressão.

 

Advertisement
Continua depois da publicidade

 

 

Advertisement