Educação

Exigência do inglês para as profissões do futuro pode ser crucial

COMPARTILHE
54
Advertisement
Advertisement

Há alguns anos saber falar um outro idioma era um diferencial para carreira, hoje não é mais. Pensando nas profissões do futuro é praticamente impossível crescer profissionalmente ou até mesmo, conseguir uma oportunidade, sem o domínio de outra língua.  Não ter o inglês no currículo é sinônimo de desvantagem para muitas profissões.

Transmissão de aulas pela TV para alunos da rede estadual não chega a partes do interior do ES

Pais e mães estão questionando, nas redes sociais, sobre a transmissão, pela TV, das...

Cerca de 240 mil alunos da rede estadual de ensino do ES terão aulas pela TV e pela internet

Quase um mês após o fechamento das escolas do Espírito Santo para impedir o...

Mais de 20 mil estudantes voltam às aulas em Cachoeiro de Itapemirim nesta segunda (10)

Após adiamento por conta da enchente do último dia 25, os estudantes da rede...

Um estudo feito pela Cambridge English e o QS Intelligence Unit, que atua com coleta de dados do mercado empregador e de educação apontou que 95% dos empregadores de países não nativos do idioma o consideram importante e o reconhecem como a língua dos negócios. No Brasil, esse é um aspecto que ainda precisa melhorar: apenas 78% dos gestores da alta liderança têm o domínio necessário de inglês para ter sucesso em seus trabalhos.

Veja aqui profissões que tem o inglês como requisito indispensável:

Advertisement

Comunicação

Continua depois da publicidade

A área de comunicação abrange inúmeras habilidades e profissões (como publicidade, audiovisual, relações públicas e marketing), e a cada ano muitos profissionais recém-formados chegam ao mercado. Isso faz com que a concorrência seja maior e, consequentemente, que as empregadoras acrescentem algumas exigências a mais na hora da contratação. E o inglês é sempre uma delas.

Administração

Gerir uma empresa envolve muito mais que só uma grande ideia: é preciso ter contato com fornecedores, lidar com clientes e parceiros e contratar funcionários. E ainda é preciso estar atento aos movimentos do mercado e da economia e, perante o mundo cada vez mais globalizado que vivemos, não falar inglês deixa qualquer empresário de fora disso.

TI e tecnologia

Essa é uma área em ascensão, ou seja, profissão que compõe o mercado e que crescem a passos largos. Os softwares e códigos de programação empregados no cotidiano são criados nesse modelo. E, justamente por isso, que a Tecnologia da Informação tem o idioma como pré-requisito obrigatório para qualquer pessoa que deseja se especializar. E vale a pena, viu? O salário do ‘TI’ pode chegar a até R$ 16 mil por mês.

Carreira acadêmica

Para os que almejam seguir a carreira acadêmica, o inglês também se torna indispensável, já que ele é a principal via de comunicação em intercâmbios entre instituições brasileiras que possuem programas de internacionalização do ensino superior e seus parceiros no mundo.

Advertisement

Turismo e hotelaria

O Brasil é um país repleto de belezas naturais, o que faz com que, dentre outros fatores, um dos maiores focos em algumas cidades – principalmente na região Nordeste – seja o turismo. E se engana quem acha que a área já está saturada. Ainda há muito espaço para quem domina o idioma, já que o inglês é a língua de comunicação universal das pessoas pelo mundo.

 

 

Agência Educa Mais Brasil

Advertisement

Ajude o bom jornalismo a nunca parar! Participe da campanha de assinaturas solidárias do AQUINOTICIAS.COM. Saiba mais.