Política Regional

Câmara de Brejetuba arquiva processo de cassação contra prefeito João do Carmo

COMPARTILHE
Divulgação
736

A Câmara de Brejetuba decidiu pelo arquivamento do processo que pedia a cassação do prefeito João do Carmo Dias (PV). Durante sessão extraordinária realizada na tarde desta sexta-feria (5), os vereadores votaram pelo arquivamento, em um placar de seis votos a dois.

Soraya Manato inclui tratamento fisioterapêutico por eletroestimulação a todos os pacientes do SUS com diagnóstico de incontinência

A Comissão de Seguridade Social e Família da Câmara dos Deputados aprovou o texto...

Justiça determina que blogueiro apague mensagens caluniosas contra a prefeita de Guaçuí

Em nova liminar, a Justiça determinou que o blogueiro e radialista Jupiassu Rosa Albino,...

Saúde e oportunidades de emprego são as prioridades da população de Divino de São Lourenço, revela pesquisa

Nesta edição, o AQUINOTICIAS.COM mostra qual é a prioridade da população de Divino de...

O processo se originou com uma solicitação de instauração de processo de cassação de mandato do prefeito do município. O pedido foi feito devido à prisão do prefeito após uma confusão na BR-262, no período da greve dos caminhoneiros.

Após a solicitação, o pedido foi aceito por cinco votos a quatro pela Câmara Municipal. O gestor chegou a ficar afastado de suas funções por uma semana, mas voltou ao cargo por meio de uma liminar e mandado de segurança do juiz de Conceição do Castelo que também atende o município de Brejetuba.

Continua depois da publicidade

O prefeito particpou da sessão e apresentou sua defesa, e a comissão, composta por três vereadores, eleita para analisar o processo, deu parecer pelo arquivamento por dois votos a um. De acordo com o regimento da Casa de Leis do município, o parecer da comissão deve ser votado em plenário, o que ocorreu na tarde de hoje.

A sessão contou com a presença do prefeito de Viana e também presidente da Associação do Município do Estado do Espírito Santo (Amunes), Gilson Daniel, e de outras autoridades políticas da região.

O plenário da Câmara ficou lotado pela população de Brejetuba que comemorou a permanência de João do Carmo no cargo.

Publicidade