Segurança

Abusada sexualmente, adolescente de 15 anos diz que se apaixonou por padrasto no Sul do ES

COMPARTILHE
170892

A equipe da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam) de Venda Nova do Imigrante prendeu, na última quarta-feira (24), a mãe da adolescente de 15 anos que era abusada pelo padrasto e se apaixonou por ele.

Homem é morto a tiros na frente da esposa em Brejetuba 

Um homem de 54 anos foi morto a tiros na frente da esposa e...

Incêndio criminoso deixa residência parcialmente destruída em Cachoeiro 

Uma residência, localizada na rua Cabo Taveiras, no bairro Santa Cecília, em Cachoeiro de...

Caminhoneiro de Itapemirim morre em grave acidente na BR 101  

Um grave acidente na noite deste domingo (20), na BR 101, em Itamaraju, na...

O mandado de prisão preventiva da mulher de 33 anos foi cumprido na residência do namorado dela, no bairro Esplanada, no município. A ação contou com o apoio da equipe de policiais da 11º Delegacia Regional de Venda Nova do Imigrante.

A titular da Deam de Venda Nova do Imigrante, delegada Lorena Robaldo, informou que a mãe teria fugido logo após saber da prisão do ex-companheiro. “Nós tivemos a informação de que a detida teria fugido para o município de Venda Nova do Imigrante. Durante sua estada no município, ela teria morado nas casas de amigos”, informou a delegada.

Continua depois da publicidade

A mãe da jovem vai responder pelo crime de estupro de vulnerável, na modalidade de omissão. Após ser ouvida, ela foi levada para o Centro de Detenção Provisória Feminino de Viana (CDPFV).

O caso

O padrasto da adolescente foi preso nessa segunda-feira (22), em Cariacica, pela equipe da Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA) em conjunto com os policiais da Superintendência de Polícia Interestadual e de Capturas (Supic).

O titular da DPCA, delegado Diego Aleluia, informou que a denúncia foi feita pela vizinha em agosto do ano passado e, desde então, foram iniciadas as investigações. “Os abusos ocorriam enquanto a vítima dormia na mesma cama com o suspeito e a mãe. O crime foi flagrado pela genitora da adolescente que pedia para o suspeito parar, mas ela tinha medo de perder o companheiro e dele sair de casa já que ele era o provedor da família”, relatou.

Após a denúncia, o suspeito e a adolescente fugiram para o município de Santa Leopoldina.

“A adolescente se apaixonou pelo padrasto e, por isso, aceitou fugir com ele para o interior do Estado onde viviam como casal. Em abril deste ano, os policiais localizaram os dois, mas eles fugiram novamente e, dessa vez, voltaram para Cariacica. O Conselho Tutelar conseguiu retirar a menina do convívio do padrasto e entregá-la ao pai. Mesmo assim, os dois ainda mantinham contato por telefone e estavam planejando fugir do Estado. Diante disso, nós conseguimos a localização do suspeito e cumprimos o mandado. No momento da prisão, ele tentou fugir, mas foi capturado e preferiu ficar em silêncio diante das acusações”, explicou Diego Aleluia.

O padrasto foi indiciado por estupro de vulnerável e encaminhado para o Centro de Detenção Provisória (CDP) de Vila Velha.

Publicidade