Economia

Decreto cria comitê técnico para desenvolvimento do mercado de combustíveis

COMPARTILHE
21
Advertisement
Advertisement

O Diário Oficial da União (DOU) desta terça-feira, 23, publica o Decreto 9.928/2019, que institui o Comitê Técnico Integrado para o Desenvolvimento do Mercado de Combustíveis, demais Derivados de Petróleo e Biocombustíveis. O comitê faz parte do Programa Novo Mercado de Gás, que será lançado oficialmente pelo presidente Jair Bolsonaro nesta tarde, conforme o Broadcast, sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado, já informou. A cerimônia será realizada às 16h30 no Palácio do Planalto.

Mourão diz não ter posição sobre CMPF e defende discussão do tema no Congresso

O vice-presidente Hamilton Mourão afirmou na noite desta segunda-feira, 13, não ter uma posição...

Abrasel: Fim de semana com restaurantes abertos mantém faturamento 85% abaixo

O primeiro final de semana com bares e restaurantes abertos em São Paulo manteve...

Cyrela: vendas líquidas no 2º trimestre somam R$ 818 milhões, queda de 57,3%

Em suas prévias operacionais do segundo trimestre de 2020, a Cyrela registrou uma...

Farão parte do comitê representantes dos Ministérios de Minas e Energia, Economia, Casa Civil, Infraestrutura, Agricultura e Meio Ambiente, além da Agência Nacional de Petróleo, Gás e Biocombustíveis (ANP), Empresa de Pesquisa Energética (EPE), Secretaria Especial do Programa de Parcerias de Investimentos e o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade).

“O Comitê Técnico Integrado para o Desenvolvimento do Mercado de Combustíveis, demais Derivados de Petróleo e Biocombustíveis encaminhará semestralmente ao Conselho Nacional de Política Energética o relatório das atividades desenvolvidas e o plano de trabalho a ser desenvolvido no semestre seguinte”, cita o decreto.

Advertisement
Continua depois da publicidade

Luci Ribeiro
Estadao Conteudo
Copyright © 2019 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Advertisement

Advertisement

Ajude o bom jornalismo a nunca parar! Participe da campanha de assinaturas solidárias do AQUINOTICIAS.COM. Saiba mais.