Economia

Montezano: nomes que vão para o BNDES são alinhados com Ministério da Economia

COMPARTILHE
10

O presidente do BNDES, Gustavo Montezano, disse nesta terça-feira, 16, que todos as indicações de nomes para o banco de fomento estão sendo alinhadas com o Ministério da Economia. “O banco tem que remar na mesma direção do governo”, respondeu.

G-7: EUA e Japão fecham acordo; Japão vai comprar excedente de milho americano

O presidente americano, Donald Trump, disse que os Estados Unidos e o Japão chegaram...

Arrecadação mostra sinais de recuperação gradual da economia

Mesmo com a desaceleração da economia nos últimos meses, a arrecadação federal indica que...

Mesmo com diploma, trabalhador aceita vaga menos qualificada

A publicitária abriu uma creche para cães, a assistente social voltou a ser cabeleireira...

Montezano disse ainda que a sua relação com os funcionários do banco tem sido excepcional. Ele relatou diversas reuniões já realizadas na instituição, com todos os departamentos e superintendências, chegando a cerca de 150 pessoas.

“As pessoas são muito patriotas. A vontade de ajudar o Brasil está muito presente no banco”, afirmou. “Quando perceberem que o BNDES voltará a ter importância na política econômica do Brasil, todos continuarão muito motivados”, completou.

Continua depois da publicidade

Apesar da redução de desembolsos para cerca de R$ 70 bilhões por ano, Montezano argumentou que o BNDES não será “um banco menor”. “O BNDES terá condições de impactar muito mais do Brasil do que o que ele fez nos últimos anos”, concluiu.

Fabrício de Castro e Eduardo Rodrigues
Estadao Conteudo
Copyright © 2019 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Publicidade