Economia

Plenário aprova destaque que reduz idade de professores na transição

COMPARTILHE
14

O plenário da Câmara dos Deputados aprovou na tarde desta sexta-feira, 12, por 465 votos a 25, o destaque nº 43, do PDT, que favorece a aposentadoria de professores em uma das regras de transição, que exige pedágio de 100% do tempo que ainda falta para se aposentar. Havia acordo entre os parlamentares da base e da oposição para aprovação dessa mudança.

Juros sobem, mas correção é limitada por cenários de inflação e Selic

Um movimento de realização de lucros sustentou os juros futuros em alta durante a...

Real tem pior desempenho mundial pelo segundo dia seguido e dólar vai a R$ 4,16

O real teve novo dia de piora forte ante o dólar nesta terça-feira e...

Ibovespa perde fôlego no fim do pregão, mas fecha em alta com Petrobras

Em meio ao dia positivo em Wall Street e à alta expressiva das ações...

A idade mínima exigida dos professores nesta regra de transição – que pode ser seguida pelos trabalhadores da ativa – ficou assim: 52 anos para mulher (o texto-base previa 55) e 55 anos para homem (o texto-base previa 58).

O plenário ainda analisará os outros cinco destaques de bancada que ainda restam, um de cada vez. O texto-base da reforma da Previdência foi aprovado na quarta-feira, 10, por 379 votos a 131 no plenário.

Continua depois da publicidade

Eduardo Rodrigues, Mariana Haubert, Amanda Pupo e Anne Warth
Estadao Conteudo
Copyright © 2019 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Publicidade