Cidades

Show dançante e romântico de Frejat embala a segunda noite do Festival de Inverno de Guaçuí

COMPARTILHE
Foto: Leandro Fidelis
321
Advertisement
Advertisement

A segunda noite do Festival de Inverno de Guaçuí levou um grande número de pessoas e diversas autoridades para o Parque de Exposições do município para os shows da banda Estado de Sítio, Frejat e Classical Queen.

Continua depois da publicidade

Fazendo a abertura da noite, os alegrenses da banda Estado de Sítio mais uma vez apresentaram seu rock consistente com canções autorais politizadas e que fazem duras críticas ao sistema. Com covers de Pearl Jam, Queen e Rage Against The Machine a banda mostrou todo o seu carisma com o público.

O vocalista, Danyel Sueth, agradeceu a produção pelo espaço cedido às bandas autorais em um evento de tamanha importância para a região do Caparaó.

Romantismo à flor da pele

Continua depois da publicidade

A principal atração da noite, o cantor Roberto Frejat, trouxe para a ‘Pérola do Caparaó’ o show da turnê “Tudo se Transforma”, com um repertório que engloba toda a sua carreira solo, Barão Vermelho e homenagens à grandes nomes da música popular brasileira.

Com um show dançante, Frejat colocou o público para se mexer logo na abertura do show. “Puro Êxtase”, “Exagerado”, “Maior Abandonado” e “Bete Balanço” fizeram com que ninguém ficasse parado. O cantor agradeceu o carinho recebido pelos presentes. “É muito bom estar em Guaçuí e cantar para um público acalorado deste”, disse.

Advertisement
Continua depois da publicidade

Os apaixonados foram ao delírio com uma sequência de músicas românticas. Em homenagem ao seu colega Cazuza, cantou “Codinome Beija-Flor”. Depois foi a vez de “Segredos”, “O Poeta Não Morreu”, “Por Você” e “Homem Não Chora”, para espalhar, ainda mais, o clima de romantismo e fazer a multidão cantar em coro.

Outros dois nomes importantes da música nacional receberam suas devidas lembranças: Tim Maia, com a música “Me Dê Motivos” e Raul Seixas com “Tente Outra Vez”. Frejat mostrou a canção inédita, que dá nome à turnê “Tudo se Transforma” e revelou ao Festival de Inverno que está finalizando um cd de músicas inéditas para 2019.

“Após 11 anos sem lançar um disco de músicas inéditas, estamos preparando um cd especial para ainda este ano. O álbum está em fase de finalização”, afirmou o músico.

Classical Queen

Um tributo a uma das maiores bandas da história do rock encerrou a segunda noite do festival com a banda Classical Queen. Com 14 anos de carreira e considerada a cover oficial da banda britânica no Brasil, os músicos levaram para o palco clássicos que marcaram toda uma geração.

Em uma apresentação temática o público pôde apreciar “Radio Ga Ga”, “Don’t Stop Me Now”, “I Was Born to Love You” e “We Will Rock You” e ir ficar encantados com “Love of My Life” “Bohemian Rhapsody” e “We Are The Champions” embalado pela plateia presente.

DJ Manu

A prata da casa, DJ Manu, convocou todo mundo a balançar o esqueleto com o melhor da música eletrônica durante os intervalos dos shows no palco principal. A interação da artista com o público fez com que um grande número de pessoas curtisse a apresentação da DJ.

Advertisement

Ajude o bom jornalismo a nunca parar! Participe da campanha de assinaturas solidárias do AQUINOTICIAS.COM. Saiba mais.