Cidades

Médico de Guaçuí investigado pelo MPES faz delação e é solto

COMPARTILHE
9565

O médico Jeovah Guimarães Tavares, preso na operação “Carro de Boi”, foi solto na noite desta sexta-feira (14). Segundo as primeiras informações, ele foi liberado pelo próprio Juiz da comarca de Guaçuí, Bruno Fritoli Almeida, após aceitar acordo de delação sobre o esquema da quadrilha envolvendo a Santa Casa de Misericórdia de Guaçuí.

Eventos esportivos em Cachoeiro alertam para prevenção do câncer de mama e de próstata

A Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (Semesp) de Cachoeiro promoverá nesta semana duas...

Marataízes inicia recadastramento biométrico obrigatório nesta quarta-feira (16)

Nesta quarta-feira (16), às 9 horas, começa o recadastramento biométrico obrigatório para eleitores de...

Balada cristã com DJs vai animar jovens em Mimoso do Sul neste sábado (19)

O Cristo Dance 2019 vai oferecer aos jovens de Mimoso do Sul e região,...

 

Operação Carro de Boi

Continua depois da publicidade

As investigações da Operação Carro de Boi tiveram início no dia 7 de maio e apontaram desvio de dinheiro, irregularidades em contratos e adulteração na carga horária de médicos plantonistas. A operação foi deflagrada pelo Ministério Público Estadual, com apoio do Grupo Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), Polícia Militar e Polícia Civil.

Dos onze presos, agora três foram liberados: o ex-provedor da Santa Casa Renato Monteiro Pinho e os médicos Waldir de Aguiar Filho e Jeovah Guimarães Tavares.

Publicidade