Cidades

Médico de Guaçuí investigado pelo MPES faz delação e é solto

COMPARTILHE
9392

O médico Jeovah Guimarães Tavares, preso na operação “Carro de Boi”, foi solto na noite desta sexta-feira (14). Segundo as primeiras informações, ele foi liberado pelo próprio Juiz da comarca de Guaçuí, Bruno Fritoli Almeida, após aceitar acordo de delação sobre o esquema da quadrilha envolvendo a Santa Casa de Misericórdia de Guaçuí.

Mudança de temperatura aumenta atendimentos no PA da Santa Casa de Cachoeiro

Quando a temperatura muda e o clima fica mais ameno é que os casos...

Melhor Idade participa do lanche caipira em Bom Jesus do Norte

A Prefeitura de Bom Jesus do Norte, através da Secretaria Municipal de Assistência Social,...

Lei Rubem Braga 2019 tem 84 projetos concorrentes em Cachoeiro

Oitenta e quatro projetos culturais vão concorrer à seleção do edital 2019 da Lei...

 

Operação Carro de Boi

Continua depois da publicidade

As investigações da Operação Carro de Boi tiveram início no dia 7 de maio e apontaram desvio de dinheiro, irregularidades em contratos e adulteração na carga horária de médicos plantonistas. A operação foi deflagrada pelo Ministério Público Estadual, com apoio do Grupo Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), Polícia Militar e Polícia Civil.

Dos onze presos, agora três foram liberados: o ex-provedor da Santa Casa Renato Monteiro Pinho e os médicos Waldir de Aguiar Filho e Jeovah Guimarães Tavares.

Publicidade