Política

Manato recebe convite e deve ir para o Ministério da Educação

COMPARTILHE
1353

O ex-deputado federal Carlos Manato (PSL) está deixando a Secretaria Especial para a Câmara da Casa Civil e indo para o Ministério da Educação (MEC). A mudança veio após o capixaba receber o pedido do Ministro da Educação, Abraham Weintraub, para ajudá-lo com as demandas da pasta junto aos parlamentares no Congresso.

Doria veta projeto de deputado e negocia incluir PMs em fundo

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), vetou na sexta-feira passada projeto de...

'Falta apenas ouvir o Queiroz', diz Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro defendeu nesta segunda-feira, 22, o senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ), seu...

Aeroporto expõe tensão de Bolsonaro com políticos do Nordeste

A inauguração do Aeroporto Glauber Rocha, em Vitória da Conquista (BA), evidenciou o clima...

Ao aquinoticias.com, Manato contou que a conversa foi durante um jantar em sua casa, em que recebeu o Ministro em Brasília. “O Abraham jantou lá em casa na quarta-feira à noite. É a quarta vez que jantamos juntos. Ele disse que precisava de alguém com experiência parlamentar para ajudar nas grandes demandas com os deputados, como creches, escolas, merenda escolar. Ele pediu e eu aceitei. Além de tudo, o Ministro é meu amigo e trabalhar com um amigo é sempre bom. Acho que vou ser mais útil lá do que na Casa Civil”, contou Manato.

Ainda segundo o ex-deputado, as mudanças serão oficializadas a partir da segunda-feira (10). “A conversa ficou bem adiantada e na segunda-feira vamos acabar de resolver. Claro, que temos que dar uma satisfação ao Presidente Bolsonaro, pois ainda não falamos com ele. Mas, quando a decisão é colegiada, ele nunca se opõe e é bem democrático”, completou.

Continua depois da publicidade