Safra ES

Liquidez aquecida nos mercados interno e externo eleva preços da carne suína

COMPARTILHE
37

Os embarques de carne suína seguem crescentes neste ano, mas a oferta de animais para abate não tem acompanhado esse aumento. Diante disso, as cotações do suíno vivo e da carne estão em alta em todas as regiões acompanhadas pelo Cepea. Dentre as praças, o destaque tem sido Minas Gerais, onde os preços do suíno vivo no mercado independente têm registrado elevações intensas.

Pesquisa estuda a relação entre percevejos para o controle e manejo de pragas no Brasil

O Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper) teve uma participação...

Brasil conhecerá seus melhores cafés especiais no próximo dia 19

Os melhores cafés especiais brasileiros da safra 2019 serão revelados no próximo sábado, 19...

Queda dos preços do café preocupa produtores, apesar do crescimento das exportações

Se por um lado os produtores brasileiros comemoram o crescimento do volume de exportações...

De acordo com a Secex, em maio, o Brasil exportou 66,4 mil toneladas de carne suína, altas de 10% em relação ao volume de abril e de 41% em relação ao de maio/18. Segundo colaboradores do Cepea, a atratividade das vendas externas tem, inclusive, levado os frigoríficos que comumente atendem ao mercado doméstico a redirecionar a produção ao front externo – no caso de unidades que têm habilitação para exportar…
Leia mais em Safra ES

Continua depois da publicidade