Safra ES

Liquidez aquecida nos mercados interno e externo eleva preços da carne suína

COMPARTILHE
35

Os embarques de carne suína seguem crescentes neste ano, mas a oferta de animais para abate não tem acompanhado esse aumento. Diante disso, as cotações do suíno vivo e da carne estão em alta em todas as regiões acompanhadas pelo Cepea. Dentre as praças, o destaque tem sido Minas Gerais, onde os preços do suíno vivo no mercado independente têm registrado elevações intensas.

Valor da Produção Agropecuária é estimado em R$ 602,8 bilhões em 2019

O Valor Bruto da Produção Agropecuária (VBP) estimado para 2019, com base nas informações...

Preços de ovos têm comportamentos distintos dentre regiões

Os preços dos ovos têm variado de acordo com as regiões acompanhadas pelo Cepea....

Brasil é o país que mais utiliza pesticidas na agricultura

O Brasil lidera o ranking mundial de utilização de agrotóxicos, segundo pesquisa da Universidade...

De acordo com a Secex, em maio, o Brasil exportou 66,4 mil toneladas de carne suína, altas de 10% em relação ao volume de abril e de 41% em relação ao de maio/18. Segundo colaboradores do Cepea, a atratividade das vendas externas tem, inclusive, levado os frigoríficos que comumente atendem ao mercado doméstico a redirecionar a produção ao front externo – no caso de unidades que têm habilitação para exportar…
Leia mais em Safra ES

Continua depois da publicidade