Segurança

Jovem furta arma de fórum, troca tiros com a PM e acaba morto em Jerônimo Monteiro

COMPARTILHE
15007
Advertisement
Advertisement

Um rapaz, de 25 anos, acabou morto pela Polícia Militar após cometer uma série de crimes nesta segunda-feira (10), em Jerônimo Monteiro.

Mulher sofre tentativa de feminicídio em Mimoso do Sul

Uma mulher teve seu abdômen perfurado após sofrer uma tentativa de feminicídio na noite...

Colisão entre carreta e caminhonete deixa cinco feridos na BR-262, em Domingos Martins

Uma colisão entre uma caminhonete e uma carreta deixou cinco pessoas feridas na BR-262,...

Homem é baleado no tórax em Guaçuí

Um homem de 28 anos foi baleado no tórax na noite desta sexta-feira (29)...

Pela manhã, Ramon Lobato Azevedo, furtou o Fórum Eurípedes Queiróz do Valle, que fica no Centro do município, e levou do local uma arma de fogo, modelo rifle, uma misteira e um celular, que ficavam na sala dos vigilantes. A polícia fez buscas na região, mas não localizou o criminoso.

Durante a tarde, a PM recebeu informações de que Ramon estaria no bairro Boa Esperança efetuando disparos e ameaçando moradores. Com a chegada da polícia, o jovem, que estava escondido em um matagal, desacatou os militares, e sem temor nenhum, gritava “vem que tem”, insinuando que estava pronto para confrontar a PM.

Advertisement
Continua depois da publicidade

Ele passou a atirar em direção aos militares, que precisaram se esconder e chamar reforço da Força Tática. Nas buscas, um policial caiu em uma valeta e acabou quebrando um braço. Ele foi socorrido pelos colegas e levado à Santa Casa de Cachoeiro de Itapemirim. Já Ramon, mais uma vez, não foi localizado.

A noite, moradores acionaram a polícia, depois de Ramon sair de onde havia se escondido, com duas armas, atirando pelas ruas do bairro.

Ao perceber a presença da viatura na região, o rapaz passou a atirar contra os militares, e fugiu, pulando muros e quintais. Ele desobedeceu todas as ordens para se render e continuou disparando contra os policiais, que revidaram com tiros.

Advertisement

Durante a perseguição, ele acabou baleado, e mesmo ferido, atirava contra a Força Tática. Pouco depois, a polícia encontrou Ramon caído, e apreenderam com ele uma garrucha, calibre 22, duas munições do mesmo calibre, um isqueiro e um cachimbo para consumo de crack.

Ele chegou a ser socorrido pelos policiais, mas morreu pouco depois de dar entrada no hospital de Jerônimo Monteiro.

De acordo com a PM, a família de Ramon relatou que ele era usuário de drogas, e naquele dia, havia consumido o entorpecente. A família contou, ainda, que ele praticava furtos no município afim de sustentar o vício.

O corpo do rapaz foi encaminhado ao Serviço Médico Legal de Cachoeiro de Itapemirim.

 

 

 

 

Advertisement

Ajude o bom jornalismo a nunca parar! Participe da campanha de assinaturas solidárias do AQUINOTICIAS.COM. Saiba mais.