#siga AQUI

Esporte

Itália vira, derrota Austrália e sai na frente no grupo do Brasil na Copa do Mundo

COMPARTILHE
44

Site MSN

Antes da estreia da seleção brasileira na Copa do Mundo feminina de futebol, duas adversárias deram o pontapé inicial para o grupo C. A Austrália enfrentou a Itália e não deu para as Matildas, que tomou uma virada no segundo tempo e o jogo terminou em 2 a 1, diante de um público de 15.380 pessoas no State du Hainaut, em Valenciennes. O Brasil entra em campo às 10h30, contra a Jamaica.

Gallardo confirma escalação e vê River com 'boas chances' diante do Flamengo

Embora um pouco enjoado em razão do trânsito caótico que enfrentou em Lima, no...

Com volta de Neymar, PSG vence Lille e amplia vantagem na ponta do Francês

Contando com o retorno de Neymar, o Paris Saint-Germain derrotou o Lille por 2...

Preocupado com retranca do Corinthians, Valentim prega Botafogo mais ofensivo

Cada vez mais preocupado com o risco de rebaixamento, o Botafogo aposta no seu...

O jogo começou com muitas movimentações por parte de ambas as seleções, que atacavam muito. Aos 8 minutos, Barbara Bonansea recebeu um cruzamento dentro da área e marcou o primeiro gol para a Itália, que foi revisto pelo VAR e invalidado por impedimento.

Aos 20m27seg, um pênalti marcado. A capitã da seleção italiana Sara Gama segurou Sam Kerr dentro da área e recebeu um cartão amarelo. A camisa 20 partiu para a cobrança e a goleira Laura Giuliani defendeu, mas não segurou a bola e o rebote sobrou para a Sam, que abriu o placar, 1 a 0. Sua comemoração foi igual a de Tim Cahill, um dos maiores jogadores da seleção australiana, que se aposentou no ano passado.

Continua depois da publicidade

Aos 25m12seg, Sam Kerr recebeu uma bola dentro da área e tentou cruzar, mas Sara Gama a impediu e chutou para fora, dando o escanteio para a Austrália, que Catley fez uma cobrança ensaiada para Van Egmond, que colocou dentro da área e, embora a bola tenha passado muito perto, não entrou e foi marcado impedimento.

Aos 30m03seg, chegada perigosa da Itália. Valentina Cernoia levantou para dentro da área e a bola sobrou com Cristiana Girelli, que tentou marcar e foi impedida pela goleira Lydia Williams, que defendeu e ficou por um tempo parada por ter recebido uma bolada no rosto.

A Austrália teve mais uma chance perigosa aos 37 minutos. Hayley Raso fez o levantamento para Chloe Logarzo, que arriscou de cabeça, mas Laura Giuliani estava preparada para defender e impedir mais um gol.

As australianas atacavam muito pelo alto. Nos acréscimos do primeiro tempo, o último lance foi de Logarzo, que recebeu dentro da área e arriscou de cabeça, mas a bola foi para fora. As Matildas terminaram o primeiro com superioridade, tendo mais posse de bola e mais finalizações.

No segundo tempo, ambas as seleções mexeram pouco no esquema tático. Embora a Austrália tenha começado atacando mais, quem fez gol foi a Itália. Aos 11 minutos, Barbara Bonansea deu um pique com a bola e se aproveitou do erro de Clare Polkinhorne para passar, cortar dentro da área e empatar o jogo, 1 a 1.

Mais uma vez o árbitro de vídeo foi solicitado. Aos 29 minutos, a bola pareceu ter tocado no braço de Lisa de Vanna, o jogo foi paralisado e o VAR analisado, mas não foi constatado o pênalti.

Aos 34 minutos, a Itália chegou muito perigosa. Girellli chegou, cortou e a Lydia evitou que o rebote sobrasse com a Itália. No minuto seguinte, mais um lance italiano, mais um gol e mais um impedimento. Sabatino recebeu na área, chutou na trave e, no rebote, ela arriscou o gol, mas foi marcado o impedimento. Até aqui, um total de 12 impedimentos.

Nos acréscimos, a Itália virou! Barbara Bonansea fez mais um para garantir a vitória. Em cobrança de falta, a camisa 11 que estava atrás de Sam Kerr, recebeu dentro da área, cabeceou e garantiu o resultado, 2 a 1.

A seleção italiana não disputava uma Copa do Mundo há 20 anos.

Com informações do site MSN.

Publicidade