Cachoeiro de Itapemirim

Inscrições abertas para assistentes de alfabetização voluntários

COMPARTILHE
1167

Estão abertas, em Cachoeiro, as inscrições para profissionais da educação que queiram atuar como assistentes de alfabetização voluntários nas turmas de primeiros e segundos anos do ensino fundamental de escolas públicas municipais, por meio do programa federal Mais Alfabetização.

Ação gratuita do Setembro Amarelo terá corte de cabelo, orientação sobre saúde mental, maquiagem e muito mais em Cachoeiro

Orientações sobre saúde mental, corte de cabelo, exposição de artesanato, maquiagem e sessão de...

Guarda Mirim promove evento de integração no pavilhão da Ilha da Luz

A quinta-feira (5) será agitada no Pavilhão da Ilha da Luz, em Cachoeiro de...

Exames preventivos e hábitos saudáveis são temas de campanha da Unimed Sul Capixaba

Prevenção e cuidados com a saúde. Esse é o foco da campanha “Sempre É...

Podem participar do processo seletivo simplificado profissionais habilitados em Pedagogia, estudantes do curso a partir do terceiro período ou que tenham atuado como assistentes em unidades de ensino reconhecidas.

As inscrições seguem até dia 05 de junho, sendo que a escolha será feita com base em prova de títulos e tempo de serviço, conforme regras previstas na portaria número 620/2019, publicada no Diário Oficial do Município nesta sexta (31).

Continua depois da publicidade

Ao final do processo, cada assistente contratado receberá um valor, a título de apoio financeiro, para atuar nas unidades de ensino adeptas do programa. Para as escolas de Cachoeiro, que aderiram a uma carga horária de cinco horas mensais por turma, o profissional ou estudante receberá R$ 150.

Para se inscrever, é necessário procurar uma das 25 escolas com vagas disponíveis e levar cópias simples do documento de identidade; do título de eleitor; do comprovante de inscrição no CPF; do comprovante de residência e do documento que comprove a escolarização, com ficha de inscrição, em envelope lacrado na unidade de ensino.

A secretária municipal de Educação, Cristina Lens, explica que o programa do Ministério da Educação (MEC) tem dado uma contribuição importante às escolas. “Tem sido bom, porque favorece a aprendizagem do aluno. Além disso, é um suporte para o professor, que conta com mais uma pessoa para atender aqueles alunos que precisam de mais atenção”, disse.

Publicidade