Aqui nos bairros

Guarda Municipal leva projetos para maior segurança da microrregião

COMPARTILHE
Divulgação PMCI
26

A Guarda Civil Municipal (GCM) de Cachoeiro de Itapemirim realiza um trabalho preventivo em diferentes locais da cidade para garantir a segurança dos moradores. A região dos bairros Zumbi, Nova Brasília e Otton Marins também é contemplada com as ações.

Feira Livre no Nova Brasília para ampliar a renda da agricultura familiar

Há 40 anos funcionando na praça do Ginásio de Esportes “Nelo Borelli”, no bairro...

Investimentos na educação têm sido prioridade nas regiões do Zumbi, Otton Marins e Nova Brasília

Atenta às demandas e importância em oferecer uma educação de qualidade, a Secretaria de...

Equipes da Estratégia Saúde da Família e Saúde em Movimento presente nos bairros

Já há alguns anos as principais demandas da população cachoeirense, em conselhos comunitários, estão...

Com um efetivo de 67 homens e mulheres que atuam em diversos seguimentos, o serviço de patrulhamento é promovido com viaturas que circulam em pontos estratégicos da região. Tendo alguns serviços desempenhados à população, entre eles a Ronda de Prevenção Escolar (ROPE), a Ronda de Apoio à Família (RAFA), Guarda Mirim, entre outras.

O trabalho da ROPE é voltado para a segurança dos alunos e funcionários de escolas, e quando solicitados realizam palestras de prevenção para estudantes, atendimentos de ocorrências e apoio a eventos das unidades de ensino. Já a RAFA foi criada pela atual gestão, por meio da Guarda Civil Municipal. O projeto visa atender mulheres vítimas de violência doméstica e familiar, com base na Lei Maria da Penha. Oferece visitações domiciliares e assistência contínua às vítimas, atuando na prevenção de novos casos.

Continua depois da publicidade

Já a Guarda Mirim ajuda jovens a saírem das ruas e se tornarem cidadãos conscientes. Esse é um dos objetivos do projeto. Atendendo crianças do 3º ao 9º ano, de 12 a 16 anos, além de resgatar a juventude da marginalidade, tem o propósito de formar crianças e adolescentes para a vida. De acordo com a Guarda, esse trabalho preventivo afasta a ameaça dos vícios e drogas. Todo trabalho da Guarda Mirim inclui atividades com foco na disciplina e no fortalecimento do vínculo familiar.

A GCM também é responsável pela Central de Videomonitoramento, que realiza inspeção da cidade por meio de câmeras distribuídas em diferentes trechos.

PM realiza operações e patrulhamentos constantes na microrregião

Com um passado recente marcado por assassinatos e brigas entre gangues, o bairro Zumbi é tido como um dos mais violentos e perigosos de Cachoeiro de Itapemirim. Estratégias para redução dos índices de violência foram aplicadas pelo município e pelo Estado, por meio de projetos, entre eles o Ocupação Social e o Estado Presente.

A Polícia Militar oferece ações de segurança para a microrregião.  O Comandante da 1ª Cia de Cachoeiro, Capitão Nério, confirmou que a PM tem realizado patrulhamento preventivo e repressivo na região durante todo o dia, com militares embarcados em viaturas e a pé, em forma de patrulhas.

“Temos também realizado Operações Integradas com outras policias e com a Guarda Municipal e os agentes de Trânsito Municipais, com finalidade de identificar e apreender veículos que possam estar sendo utilizados para práticas criminosas, além de reprimir outras infrações administrativas que possam ser flagradas”, destaca o comandante.

A PM informou também que possuí uma base Comunitária Móvel no bairro Zumbi, com o intuito de aproximar os militares da comunidade e prestar o melhor serviço possível. Também são realizadas as operações “Blitz” e “Cavalo de Aço”, na região, durante horários e em locais determinados com base em análise de índices criminais.

Estado Presente

Para reduzir os índices de violência e criminalidade, com foco especialmente em crimes letais – homicídio, feminicídio, latrocínio e lesão corporal seguida de morte -, o Governo do Espírito Santo oferece o programa “Estado Presente em Defesa da Vida”.

O Programa Estado Presente atua em todos os municípios do Estado, com foco na redução da violência letal e contra o patrimônio. Porém, com objetivo de dar uma atenção maior a área de conflito, existem os territórios de atuação.

Em Cachoeiro são quatro, que englobam seis bairros, entre eles o Zumbi. O programa está em funcionamento desde fevereiro, quando o governador reativou o Estado Presente e, desde então, as ações de combate ao crime estão integradas entre Polícia Civil e Polícia Militar, em conjunto com a Prefeitura, capitaneados e orientados pelo próprio Chefe do Executivo, que realiza reuniões mensais para definir as estratégias de atuação.

Somente no ano de 2019, até o momento, o município de Cachoeiro registrou redução de 50% nos crimes de homicídios dolosos. O Programa Estado Presente engloba ações sociais e policiais e o objetivo é realizar projetos durante os quatro anos de governo.

Publicidade