Variedades

Do trabalho com moda para as redes sociais, Mariana Polastreli conta como se tornou influencer por acaso

COMPARTILHE
3659
Advertisement
Advertisement

A empresária Mariana Polastreli se divide entre os trabalhos em suas lojas em Alegre e Guaçuí e com a gerência de seus perfis nas redes sociais. O que começou com a função de divulgar seus produtos para o público, se tornou um canal de comunicação e inspiração para todos os públicos. Hoje, ela é uma influenciadora digital, seguida por cerca de 25 mil pessoas. A influencer tem gostado dessa relação e já enxerga isso como negócio.

Continua depois da publicidade

Seu início nas redes sociais foi pelo aplicativo Snapchat, em que postava dicas que começaram a ter retorno dos seguidores. Esse feedback passou a ser publicado em seu perfil gerando ainda mais engajamento. “Então isso foi crescendo, do Snap passamos para o Instagram e criou-se essa questão de influencer. As pessoas começaram a ganhar confiança nos conteúdos que eu postava até mesmo pela transparência que eu sempre mantive. Eu gosto de mostrar realmente aquilo que eu uso e o que gosto. Muitas vezes indico por prazer, mesmo que não tenha sido ganhado!”, revela Mariana.

O convívio com as redes sociais começou devido ao trabalho, alimentando os perfis profissionais das lojas. Com o tempo, o meio digital também abrangeu a vida pessoal. “O meu Instagram tem pouco tempo de movimentação, porém tenho um retorno muito legal. Hoje, é uma parceria desses dois, tanto da minha vida profissional como da minha vida pessoal. Um influencia o outro”, disse a empresária.

“As mulheres, hoje, se inspiram em outras mulheres. Então, eu costumo trazer isso no meu perfil pessoal. Tento mostrar todos os lados, mostro tendências, dando dicas de como a mulher pode estar se vestindo, cuidando do corpo, da alimentação, saúde, consequentemente, isso reflete na minha vida profissional. Se o nosso corpo está bem, tudo flui. Isso também mexe com o inconsciente e com no bolso das mulheres”, acrescenta a influencer.

Continua depois da publicidade

Com essa nova realidade digital, as redes sociais de Mariana também se tornaram trabalho, inclusive gerando contratos fixos e exclusivos com algumas empresas. Além de postar conteúdo, a “influenciadora por acaso”, como ela se define em seu perfil nas redes, cria uma relação com as seguidoras, passando mensagens de trocas de experiências, conforto e, até mesmo, de autoestima.

Ela relatou sobre um caso que marcou muito em seu Instagram onde uma seguidora falou que estava passando por uma depressão e queria se matar. “No auge do desespero que ela passava, eu conversei muito naquele dia em meu Instagram e tudo aquilo que eu dizia estava mexendo no coração dela. Logo após, ela me relatou através de um texto que eu evitei a morte dela. São por pessoas assim que, mesmo diante de tantos problemas seguidos da exposição, não me fazem parar. Em outro caso, uma seguidora passou por problemas muito grandes com a mãe com câncer. E eu também estava com uma tia com a mesma doença. A seguidora falava que buscava refúgio naquilo que eu dizia no meu Instagram”, conta Mariana.

“Tudo isso mexe comigo porque às vezes não nos damos conta do quanto o que nós publicamos reflete na outra pessoa. Às vezes uma coisa boba, que a gente nem sabe, faz todo um sentido para alguém. Então, é muito bom saber que contribuímos dessa forma para outras pessoas que nem mesmo conhecemos”, completa.

Advertisement
Continua depois da publicidade

Além de influenciadora digital, Mariana trabalha com moda em duas lojas em Alegre e Guaçuí. A empresária possui um sistema de vendas online abrangente, com clientes por todo o Brasil e exterior.

Advertisement

O conteúdo do AQUINOTICIAS.COM é protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não é permitida a sua reprodução total ou parcial sob pena de responder judicialmente nas formas da lei. Em caso de dúvidas, entre em contato: [email protected].