Espírito Santo

Cuidados simples podem ajudar a evitar a obesidade infantil, alerta Sesa

COMPARTILHE
121

O Dia da Conscientização contra a Obesidade Infantil é celebrado nesta segunda-feira, 3 de junho. A data tem como objetivo conscientizar sobre os cuidados necessários para combater a obesidade em crianças. A Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) chama atenção para cuidados simples que podem ajudar a evitar a obesidade na infância.

Sedu abre 150 vagas em processo seletivo para Intercâmbio no exterior

tenção, alunos matriculados nos Centros Estaduais de Idiomas (CEIs) da Rede Estadual de Ensino! Estão...

PRF inicia Operação Corpus Christi nesta quarta (19) no Espírito Santo

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) iniciará à meia-noite desta quarta-feira (19), a Operação Corpus...

Governador sanciona leis que criam Fundo Soberano e Fundo de Infraestrutura no ES

O governador do Estado, Renato Casagrande, sanciona, nesta segunda-feira (17), as leis que criam...

Segundo a pediatra Edna Vaccari, coordenadora da Área Técnica de Saúde da Criança da Sesa, a obesidade infantil atualmente está relacionada ao estilo de vida. “Sabemos que a obesidade é cada vez mais frequente devido ao estilo de vida moderno, onde temos facilidade para a aquisição de alimentos aliada a vida sedentária”, explicou.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) alerta para a obesidade como um dos maiores problemas de saúde pública no mundo. A projeção, segundo a OMS, é que em 2025, o número de crianças com sobrepeso e obesidade no mundo poderia chegar a 75 milhões.

Continua depois da publicidade

No Espírito Santo, de acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), de cada 10 crianças com idade até 12 anos, cerca de 35% são obesas. Segundo levantamentos do Ministério da Saúde, uma em cada três crianças com até 10 anos, está acima do peso recomendado.

“É preciso se conscientizar de que o excesso de peso é uma questão séria. Que podem causar doenças para as crianças e para sua vida adulta. Junto ao sedentarismo, por exemplo, pode acarretar em uma condição chamada síndrome metabólica. O grande problema da síndrome é ser causadora de doenças cardiovasculares na fase adulta, como infarto e o derrame cerebral”, alertou Edna Vaccari.

Existem cuidados simples que podem ajudar a evitar a obesidade: “A melhor forma de tratamento é a prevenção por meio de hábitos de vida saudável para toda a família, principalmente no que se refere à alimentação e da atividade física”, indicou Edna.

Neste mesmo sentido, a nutricionista do Programa de Cuidados de Pessoa com Sobrepeso e Obesidade, Raiany Boldrini, afirma também que o importante é ter o envolvimento da família na mudança de hábitos, além do acompanhamento multiprofissional.

Segundo Raiany, as dicas essenciais são: incentivar as brincadeiras ao ar livre, com práticas de atividades e brincadeiras dinâmicas e, incentivar também, a participação da criança no momento de preparo do alimento.

“As crianças precisam pegar gosto e amor pelos alimentos. É importante levá-las para conhecer hortas e as feiras. Montar pratos coloridos e divertidos”, disse.

Publicidade