Geral

Confiança na mídia impressa e tradicional é duas vezes maior do que a das redes sociais, diz estudo

COMPARTILHE
177
Advertisement
Advertisement

Com informações ANJ

Continua depois da publicidade

Adaptados à era digital, os jornais oferecem a suas audiências um jornalismo qualificado 24 horas e em diferentes formatos nos meios online e papel. A união entre o conteúdo jornalístico e a multiplicidade na distribuição de conteúdo sem a contaminação da desinformação espalhada nas redes sociais sustenta os índices de credibilidade dessas publicações, os mais elevados entre todas as mídias, segundo estudos da Kantar Media.

Os dados levantados pela empresa de pesquisas revelam ainda que as edições em papel de jornais e revistas são, por suas características, o carro-chefe desse crédito. A confiança do consumidor na mídia noticiosa impressa, que agora ocupa várias plataformas digitais, de acordo com os levantamentos, é duas vezes maior do que a das mídias interativas, como o Facebook.

A pesquisa Dimension-2018 revela que jornais têm a confiança de 67% dos entrevistados quando eles acessam notícias, contra 33% das redes socais. O mesmo estudo mostra que os veículos tradicionais apresentam as menores taxas de rejeição: 53% afirmam que a publicidade em jornais não incomoda de forma alguma, enquanto nas redes sociais esse índice fica em 35%.

Continua depois da publicidade

Na sua edição de 2019, o levantamento da Kantar Media mostra que 36% confiam nos textos impressos, contra 28% que confiam no online. Notícias, artigos e entrevistas são vistos como as formas mais eficazes de combater a negatividade e, ao mesmo tempo, os consumidores valorizarem a objetividade. Mais de dois terços (68%) dos entrevistados disseram que o jornalismo “verdadeiramente objetivo” é fundamental para uma democracia saudável.

O diretor do Grupo Folha do Caparaó, Elias Carvalho, veículo prestes a completar 15 anos no jornalismo capixaba, ressalta a importância de conteúdos bem produzidos, com qualidade e imparcialidade.

“Nunca se leu tanto jornal. Hoje, o jornal está em todas as plataformas, no tablet, celular e computador. O mais importante é a credibilidade do conteúdo, da informação, isso é uma coisa que os jornais jamais deverão deixar de ter. O principal quesito de um bom jornalismo é a imparcialidade para levar o que é reportado com qualidade e credibilidade”, ressalta Elias Carvalho.

Advertisement
Continua depois da publicidade

 

Advertisement

O conteúdo do AQUINOTICIAS.COM é protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não é permitida a sua reprodução total ou parcial sob pena de responder judicialmente nas formas da lei. Em caso de dúvidas, entre em contato: [email protected].