Segurança

Caminhão carregado com granito é flagrado com excesso de peso na BR 101 no ES

COMPARTILHE
Divulgação PRF
1432

Um caminhão que transportava chapas serradas de granito com excesso de peso e falha nos sistemas de retenção da carga na BR 101 foi apreendido pela Polícia Rodoviária Federal (PRF). O flagara aconteceu no último sábado (15), na altura do km 251, no posto PRF da Serra.

Câmera flagra influenciador digital furtando óculos em Cachoeiro; veja o vídeo

O digital influencer João Batista Brandão foi flagrado pela câmera de segurança de uma...

Polícia Militar faz buscas por motos roubadas na região do Caparaó

Na última quinta-feira (14), a Polícia Militar foi ate a localidade de Córrego Santa...

Caminhão carregado com bananas tomba e motorista morre na "Curva da Morte", em Cachoeiro

Um acidente registrado no final da tarde desta sexta-feira (15), na ES 164, rodovia...

Policiais realizavam fiscalização no posto quando abordaram o caminhão da marca Volkswagen VW/24.250. O veículo transportava 84 chapas verificadas in loco e descrita nas notas fiscais apresentada pelo condutor.

Ao ser submetido à pesagem, foi aferido o peso bruto total de 39.240 kg, sendo que a configuração do veículo permite a capacidade máxima de 30.450 kg. Dessa forma, foi verificado excesso de peso em 9.030 kg.

Continua depois da publicidade

Outras infrações verificadas foram a deficiência no sistema de fixação da carga que encontrava-se acondicionada e sobreposta sobre cavaletes que não estavam presos a uma viga mestra fixada ao chassi, estando estes apenas apoiados sobre a carroceria, e que o condutor não possuía certificado de curso específico para o transporte de rochas.

O motorista foi multado por excesso de peso e deficiência no sistema de retenção da carga. O veículo foi retido para o transbordo da carga em excesso, bem como foi feita a lavratura do Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) por infringência do art. 132 do Código Penal (CP): “Expor a vida ou a saúde de outrem a perigo direto e iminente”, que será encaminhado ao Ministério Público Estadual.

Publicidade