Política Regional

Após afastamento, Justiça determina que prefeito de Brejetuba retorne ao cargo

COMPARTILHE
876
Advertisement
Advertisement

O prefeito de Brejetuba, João do Carmo Dias (PV), mais conhecido como João Lourenço, afastado do Executivo após uma CPI instaurada pela Câmara Municipal nas últimas duas semanas, teve na Justiça o direito de retornar ao cargo.

Advertisement
Continua depois da publicidade

Por cinco votos a quatro, Lourenço foi afastado por 180 dias do cargo, mas nesta sexta-feira (31), o juiz José Borges Teixeira Júnior concedeu por meio de uma liminar, em decisão provisória, que o prefeito volte a administrar o município.

O chefe do Executivo é suspeito de praticar uma série de irregularidades.

Entre elas está a prisão de Lourenço, há um ano, após uma confusão em um ponto de manifestação de caminhoneiros na BR-262. Ele foi preso em flagrante por ter atirado em direção a um ônibus que furou um bloqueio na rodovia.

Continua depois da publicidade

Segundo a Polícia Militar, na ocasião outro crime foi praticado. O prefeito estaria embriagado ao volante.

Advertisement
Receba as principais notícias do dia no seu WhatsApp e fique por dentro de tudo! Basta clicar aqui.