Espírito Santo

Ações de saúde e beleza marcam as comemorações do Dia do Policial Civil no ES

COMPARTILHE
47

Automaquiagem, corte de cabelo, aferição de pressão, teste de glicemia, consultas com nutricionistas, reflexologia podal e sorteio de brindes. Essas foram algumas das ações oferecidas aos policiais civis, nesta quarta-feira (12), durante as comemorações do Dia do Policial Civil. A ação reuniu mais de 100 policiais civis de diversas unidades, no auditório da Chefatura de Polícia, em Vitória.

Espírito Santo realiza Copa Cerveja Brasil, premia 65 marcas e elege os destaques do ano

Foram três dias de avaliações, envolvendo mais de 40 especialistas de todo o país....

Cachoeirense garante última vaga para o time Lulu no The Voice 

As audições às cegas chegaram ao fim nesta quinta-feira (15), no The Voice Brasil,...

Protesto fecha acesso à Ceasa e deixa trânsito caótico na BR 262 em Cariacica

Trabalhadores fecharam o acesso à entrada da Central de Abastecimento do Espírito Santo (Ceasa)...

Vários delegados, agentes, investigadores, escrivães, peritos e estagiários prestigiaram o evento, entre eles o delegado-geral adjunto, Heli Schimittel e o superintendente de Polícia Interestadual e de Capturas (Supic), delegado Júlio César Oliveira.

Uma das colaboradoras do evento, a reflexoterapeuta Zelia Bergi, revelou que, durante a ação, atendeu cerca de 20 policiais civis com os serviços de reflexologia podal- uma espécie de terapia integrativa que tem como objetivo aliviar as dores e as tensões por meio de massagens nos pés em pontos estratégicos. “Essa é a primeira vez que participamos de um evento aqui na Polícia Civil. Esse tipo de ação não é só importante para os policiais, mas também para nós, pois é uma oportunidade de apresentarmos o que é a reflexologia podal e os benefícios que ela causa. Dentre os atendimentos que fizemos aqui hoje, somente um policial conhecia a técnica”, avaliou.

Continua depois da publicidade

A titular da Divisão de Promoção Social (DPS) e responsável pela organização da ação, delegada Inês Loss, afirma que a data merece ser comemorada. “É sempre um prazer poder proporcionar esse tipo de ação para os nossos policiais. Eles merecem esse cuidado e é o papel da Divisão zelar pela saúde e pelo bem estar deles”, disse.

O evento contou com o apoio do Sindicato dos Policiais Civis do Espírito Santo (Sindipol), da Associação dos Escrivães da Polícia Civil do Espírito Santo (Aepes), do Sindicato dos Delegados de Polícia Civil do Estado do Espírito Santo (Sindepes), da Associação dos Agentes de Polícia Civil do Estado do Espírito Santo (Agenpol) e da Associação dos Peritos Papiloscópicos do Espírito Santo (APPES). 

Dia do Policial Civil

No Espírito Santo, o Dia do Policial Civil é comemorado em 12 de junho, conforme previsto no artigo 253 da Lei Estadual 3.400 de 17 de janeiro de 1981. Em outros estados é comemorado em datas distintas.

A data é uma referência à morte de Domingos José Martins, herói capixaba que participou como líder da Revolução Pernambucana e foi fuzilado no dia 12 de junho de 1817, no Estado da Bahia. Domingos Martins é o patrono da Polícia Civil do Espírito Santo.

O Decreto 3.031-N, de 07.08.1990 regulamenta a concessão das medalhas do Mérito Policial e do Serviço Policial.

 

 

Publicidade