Esporte Nacional

Cavani e Suárez evitam clima de euforia após goleada do Uruguai na Copa América

COMPARTILHE
19

A dupla de ataque do Uruguai formada por Cavani e Suárez justificou contra o Equador a fama de ser uma das principais duplas de ataque da história da seleção. Com um primeiro tempo avassalador, o time de Oscar Tabárez marcou três gols com chances de fazer até mais. Ao final, o placar de 4 a 0 ficou barato para os equatorianos, que jogaram com um a menos desde os 25 minutos da etapa inicial do duelo disputado no Mineirão e válido pela primeira rodada do Grupo C da Copa América.

Procuradoria descarta indiciar Cristiano Ronaldo por acusação de estupro

A procuradoria do condado de Clark, no estado norte-americano de Nevada, anunciou nesta segunda-feira...

Fina revisa sentença e amplia suspensão de Gabriel Santos por doping para um ano

Três dias depois de ter sido suspenso por oito meses, em punição aplicada pela...

Um mês após queda no Mundial, Vadão é demitido do comando da seleção feminina

Um mês depois de a seleção brasileira feminina de futebol ter sido eliminada pela...

Apesar da grande atuação, Cavani e Suárez, que marcaram um gol cada, foram comedidos nas declarações após a partida. O centroavante do Paris Saint-Germain disse que a vitória na estreia foi “um passo importante. “Sabíamos que seria um rival difícil. O mais importante era entrar concentrado e que cada um cumprisse sua obrigação. Concretizamos as chances no primeiro tempo. Eles ficaram com dez e também facilitou para a gente. Temos que continuar evoluindo”, destacou Cavani.

Suárez tratou de dividir os méritos da goleada. “Foi uma vitória do coletivo. Mesmo o placar de 4 a 0 foi um jogo difícil. Importante é que o time todo fez uma boa partida. Estreamos com os três pontos e isso é o mais importante”, destacou Suárez.

Continua depois da publicidade

Quem também fez um bom jogo na etapa inicial foi o meia Lodeiro, que no Brasil defendeu o Botafogo e o Corinthians. O jogador abriu o caminho da vitória com um belo gol. Ele dominou na coxa, tirou do adversário sem deixar a bola cair e mandou para as redes. Cavani fez o segundo de voleio e Suárez, o terceiro, aproveitando escanteio. Mina (contra) fechou o placar na etapa final.

“Fizemos um bom jogo. Quando ficamos com um a mais tivemos tranquilidade para controlar a partida e conseguimos aproveitar as oportunidades. Foi uma boa partida para a estreia. Mas não temos de nos empolgar demais. Foi só o primeiro jogo. O importante é poder evoluir de um jogo para o outro e continuar pensando jogo a jogo”, destacou Lodeiro.

O Uruguai volta a campo na quarta-feira contra o Japão, na Arena do Grêmio, em Porto Alegre. O Equador vai pegar o Chile na segunda rodada. As equipes se enfrentam na sexta-feira, na Fonte Nova, em Salvador.

Estadao Conteudo
Copyright © 2019 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Publicidade