Geral

Sobe para nove número de mortes causadas pelas chuvas no Grande Recife

COMPARTILHE
15

Após mais de 60 horas de buscas, o Corpo de Bombeiros encontrou os corpos dos dois irmãos que tiveram a casa soterrada e estavam desaparecidos desde a última quinta-feira, 13, por conta do deslizamento de uma barreira no Grande Recife. Com isso, subiu para nove o número de mortes provocadas pelas fortes chuvas que ainda deixam a região sob alerta. Em Camaragibe, por exemplo, 100 famílias estão desabrigadas e outras barreiras estão sob risco de queda.

Incêndio em garagem destrói seis micro-ônibus na zona norte de SP

Um incêndio na madrugada desta terça-feira, 23, destruiu seis micro-ônibus da viação Norte Buss...

Governo publica novo regulamento do sistema de informações de registro civil

O governo federal atualizou a regulamentação do Sistema Nacional de Informações de Registro Civil...

ANTT suspende resolução com novas regras para cálculo de frete mínimo

A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) aprovou hoje (22), em reunião extraordinária, suspender...

Resgatados na madrugada deste domingo, 16, com os corpos já em estado de putrefação, os meninos de 7 e 13 anos serão sepultados no Cemitério de Camaragibe, onde a mãe e os outros três irmãos também foram velados. O vizinho da família, que também teve a casa destruída pelo deslizamento de uma barreira de 70 metros de altura na quinta-feira, foi enterrado no mesmo local. As outras mortes foram registradas em outro deslizamento em Jaboatão dos Guararapes e em um acidente em um túnel do Recife na quinta-feira.

Neste domingo, contudo, a chuva voltou a ganhar força. “Choveu o esperado para 15 dias desde quinta-feira. E a previsão é que a chuva continue. Por isso, já temos mais de 100 famílias desabrigadas, além da previsão de novos deslizamentos”, lamentou o prefeito de Camaragibe, Demóstenes Meira. Ele lembrou que a prefeitura decretou estado de emergência e está arrecadando donativos para ajudar essas famílias. O prefeito ainda vai tentar uma agenda com o governador de Pernambuco, Paulo Câmara, para que ele tente, junto ao Governo Federal, liberar os recursos de um projeto de melhoria para as barreiras de Camaragibe, orçado em R$ 26 milhões, que desde 2017 está sob análise do então Ministério das Cidades (hoje, Ministério do Desenvolvimento Regional).

Continua depois da publicidade

Segundo o Corpo de Bombeiros, nenhum outro acidente com vítimas foi registrado no Grande Recife. Porém, um jovem que foi arrastado pelo Rio Tejipió na última quinta-feira segue desaparecido.

Marina Barbosa, especial para AE
Estadao Conteudo
Copyright © 2019 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Publicidade