Internacional

Trump diz que reverte rendição econômica e pede apoio por acordo USMCA

COMPARTILHE
8

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou nesta terça-feira que está “revertendo oito anos dolorosos de rendição econômica”. Ele fez a declaração em Iowa, durante jantar com lideranças estaduais do Partido Republicano.

Reino Unido, França e Alemanha responsabilizam Irã por ataque na Arábia Saudita

Os chefes de Estado do Reino Unido, da França e da Alemanha declararam, em...

Negociações dos EUA com a China serão retomadas em duas semanas, diz Mnuchin

O secretário do Tesouro dos Estados Unidos, Steven Mnuchin, afirmou que a próxima rodada...

Grupo de Lima e UE pedem sanções contra Venezuela, mas descartam ação militar

O Grupo de Lima e a União Europeia afirmaram nesta segunda-feira que é imperioso...

A economia em grande medida rural de Iowa mostra ansiedade sobre as disputas comerciais iniciadas pelo presidente, que levaram a tarifas retaliatórias contra produtos americanos e prejudicaram a receita de fazendeiros. No jantar, Trump pediu aos presentes que telefonem a seus congressistas para pressioná-los a votar por um novo acordo comercial com o Canadá e o México, conhecido pela sigla em inglês USMCA. “Isso será fenomenal para o Estado de vocês”, disse.

Trump argumenta que está “derrubando barreiras para os fazendeiros americanos e abrindo mercados novos para a agricultura americana”. Ao mesmo tempo, afirmou que o oposicionista Partido Democrata “nunca esteve tão nervoso”. Fonte: Associated Press.

Continua depois da publicidade

Estadao Conteudo
Copyright © 2019 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Publicidade