Internacional

Equipes de resgate encontram mais 4 corpos em barco que naufragou no Rio Danúbio

COMPARTILHE
7

Equipes de resgate encontraram nesta terça-feira, 11, mais quatro corpos durante as operações para retirar da água o barco que naufragou no dia 29 no Rio Danúbio, em Budapeste, com um grupo de turistas sul-coreanos.

EUA mudam posição histórica e agora consideram 'legal' ocupação da Cisjordânia

Os EUA reverteram nesta segunda-feira, 18, sua posição sobre os assentamentos israelenses na Cisjordânia...

Prejuízos em Veneza já somam R$ 4,66 bilhões

Enquanto tenta retomar a normalidade, Veneza conta os prejuízos depois da pior inundação na...

Presidente do Chile reconhece abusos cometidos por polícia local em protestos

O presidente do Chile, Sebastián Piñera, afirmou na noite de domingo que reconhece o...

A embarcação afundou segundos após um navio de cruzeiro colidir com ela perto de uma ponte na capital da Hungria durante uma forte tempestade.

No acidente, 19 turistas e 1 membro da tripulação morreram, além das quatro vítimas recentemente localizadas. Quatro pessoas seguem desaparecidas e somente sete sobreviveram. Um dos corpos encontrados nesta terça foi localizado quando a cabine do capitão emergiu da água, explicou Nandor Jasenszky, porta-voz das forças especiais da Hungria, as quais estão coordenando as operações de resgate.

Continua depois da publicidade

“Agora faremos outras verificações em partes do barco onde pode haver mais vítimas”, disse Jasenszky.

Os mergulhadores içaram alças sob a embarcação naufragada para permitir que um enorme guindaste flutuante a levantasse.

O capitão do navio Viking Sigyn – um homem de 64 anos identificado pela polícia como C. Yuriy, de Odessa, na Ucrânia – é mantido como suspeito de conduta imprópria em tráfego aquático que levou a mortes em massa, segundo a polícia. Os advogados dele afirmaram que seu cliente está devastado com a tragédia, mas que não fez nada de errado.

A companhia suíça Viking Cruises Ltd., dona do Viking Sigyn, disse que está cooperando com as investigações. (Com agências internacionais)

Estadao Conteudo
Copyright © 2019 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Publicidade