Cidades

Wilson Sideral apresentará clássicos da música brasileira em versões blues no Festival de Inverno de Guaçuí

COMPARTILHE
62

O cantor, compositor, guitarrista e produtor musical, o mineiro Wilson Sideral, vai apresentar o show “Tropical Blues” no encerramento da primeira noite do 3º Festival de Inverno de Guaçuí, dia 19 de junho. O repertório promete clássicos da música brasileira em versão blues. O show terá início à meia-noite, no palco principal do Parque de Exposições da cidade, no Caparaó capixaba.

Sine de Cachoeiro oferta 19 vagas de emprego nesta segunda-feira (23)

A segunda-feira (23) começa com 19 vagas de emprego no Sine de Cachoeiro de...

Oferta para vaga de emprego para Auxiliar de Suporte de TI em Cachoeiro

Uma empresa de grande porte de Cachoeiro de Itapemirim está com uma vaga aberta...

Confira a previsão do tempo em Cachoeiro e região neste domingo (22)

A previsão do tempo para o domingo (22) será de céu nublado e pancada...

O show idealizado por Wilson Sideral faz reverência e inspira-se no blues, essa língua universal, música-mãe do jazz, do soul, rock’n’roll, entre outras maravilhas modernas, para cantar o Brasil.

De Luiz Gonzaga a Mutantes e Jorge Ben Jor; dos “blues do Djavan” ao caipira de Tonico e Tinoco; passando pela Bahia de Gilberto Gil e Caetano Veloso e de Raul Seixas. De Barão Vermelho a Lamartine Babo; do Sul de Humberto Gessinger ao Agreste Pernambucano de Dominguinhos; sem perder esse “trem” que sai de Minas numa “Travessia” até o Rio de Tim Maia, Marisa e outros “montes”.

Continua depois da publicidade

O Blues do Brasil – quem diria? – é nacional, em português e é autoral também em “Wilsom” (do cabelo duro), “Maria“, “Clark Kent sem Óculos“, entre tantos outros personagens de Sideral, diz o material de divulgação do espetáculo.

A banda composta pelos brilhantes, Marcus Abjaud (Piano e outras teclas), Felipe Continentino (Bateria) e Bruno Vellozo (Baixo Acústico), deita-se em cama confortável de Jaiminho Silva e Nequinho (Vocais), e veste a roupa que lhe convém a um perfeito baile blues onde vale o terno e gravata, como nas big bands do jazz, ou um velho jeans surrado por horas de work songs mas, certamente, botas limpas para os dias spirituals.

Sideral garante que será MPB de sotaque blues e acento jazz. “Poesia de lamento ou a energia para dançar o rock around the clock. E toda a alma do povo do interior dessa vasta área tropical ao redor do planeta”.

O Festival

Além de Wilson Sideral, Frejat, Paula Toller, Emmerson Nogueira, mais oito shows de peso estão na programação do 3º Festival de Guaçuí. A expectativa para este ano é de 20 mil pessoas nas quatro noites e 10 mil durante o dia. A área do evento é toda coberta. Os ingressos podem ser adquiridos pelo site www.ticketgreen.com.br.

Sucesso de público na região do Caparaó em 2017 e 2018, o evento é um dos mais aguardados do ano no Espírito Santo. Conhecida como “Pérola do Caparaó”, Guaçuí recebe público capixaba, do Rio de Janeiro e de Minas Gerais. A programação completa do Festival está no site www.festivalinvernoguacui.com.br.

Publicidade