Cidades

Secretário preso na Operação Ouro Velho recebe liberdade provisória

COMPARTILHE
1616
Advertisement
Advertisement

O Juíz Bruno Fritoli Almeida, da Comarca de Guaçuí, concedeu o alvará de soltura para o secretário municipal de Educação, Vanderson pires Vieira, preso preventivamente durante a Operação Ouro Velho, que apura fraudes em repartições da Prefeitura de Guaçuí.

Desinfecção e barreiras sanitárias continuam sendo realizadas em Guaçuí

A Prefeitura de Guaçuí segue com a desinfecção dos principais pontos de maior circulação...

Cachoeiro: Agostinho Simonato e Jardim Itapemirim recebem testagem de Covid-19

Nesta quinta-feira (4), moradores dos bairros Agostinho Simonato e Jardim Itapemirim, em Cachoeiro, receberam...

Prefeitura lança projeto para fomentar a arte e a cultura de Anchieta

A Prefeitura de Anchieta, por meio da Secretaria de Turismo, Comércio e Empreendedorismo (Seturce),...

O magistrado concedeu ao secretário na última sexta-feira (17), a liberdade provisória mediante o cumprimento de algumas condicionantes, entre elas, o afastamento cautelar do cargo de secretário.

Ainda de acordo com o Executivo, ainda não foram nomeados novos secretários para as pastas de Educação, Agricultura e Saúde, que tiveram os titulares detidos por suspeita de participação em um esquema de desvio de dinheiro e fraudes no setor de licitação da prefeitura.

Advertisement
Continua depois da publicidade

A operação receber o nome de Ouro Velho por que um dos investigados trabalha há mais de 20 anos na prefeitura.

Advertisement

Ajude o bom jornalismo a nunca parar! Participe da campanha de assinaturas solidárias do AQUINOTICIAS.COM. Saiba mais.