Política Regional

Prefeito interino de Kennedy diz que vai atuar com transparência

COMPARTILHE
1123

Após o afastamento prefeita de Presidente Kennedy, Amanda Quinta Rangel (PSDB), na última quinta-feira (9), o vice-prefeito Dorlei Fontão (PSD) que assumiu o cargo e deve ficar à frente da prefeitura pelos próximos 60 dias, emitiu nota reforçando as ações administrativas do município.

Prefeito e vice eleitos de Irupi recebem diplomação na Câmara Municipal

Na tarde desta sexta-feira (24), Edmilson Meireles (MDB) e Paulino Lourenço da Silva, prefeito...

Prefeito de Itapemirim é afastado por 60 dias e presidente da Câmara assume

A Câmara de Itapemirim decretou nesta sexta-feira (24) o afastamento por 60 dias do...

Câmara de Itapemirim realiza sessão extraordinária para afastar prefeito Thiago Peçanha

Os bastidores da política em Itapemirim estão agitados na tarde desta sexta-feira (24) com...

A nota, traz o discurso de Fontão, que em seu principal recado diz trabalhar comrespeito, buscando harmonia institucional com o Poder Legislativo deste Município, com os Poderes Judiciário, Legislativo e Executivo deste Estado”.

Dorlei fala, também, sobre atuar com transparência e “disponibilizar e permitir os bons e profícuos trabalhos dos competentes órgãos de investigação e, igualmente, oportunizar todo o trabalho de defesa dos suspeitos, investigados e/ou acusados”.

Confira a nota na integra

Continua depois da publicidade

 

1. Eu, DORLEI FONTÃO, cidadão e eleitor deste Município, em pleno gozo
de todos os direitos civis e políticos previstos nas leis deste país, venho,
por meio desta Nota Oficial, comunicar a todos os brasileiros,
espiritossantenses e, mormente a toda a população de Presidente
Kennedy que, cumprindo o meu dever institucional e legal, na qualidade
de VICE-PREFEITO, ASSUMI AS FUNÇÕES DE PREFEITO
MUNICIPAL, na última quinta-feira, dia 09 de maio deste ano, perante à
Câmara Municipal, em cumprimento de Mandado expedido para
efetividade de respeitável Decisão Judicial expedida pela autoridade
competente; cuja ordem afastou a Prefeita Municipal do exercício do seu
cargo, pelo prazo de 60 (sessenta dias) dias.

2. Também por ordem judicial, foram afastados, no mesmo ato, vários
agentes (Secretários), funcionários e/ou servidores desta Municipalidade,
para que sejam procedidas as devidas investigações de ações, atos,
condutas e procedimentos suspeitos de incompatibilidade com o exercício
de cargos ou funções de natureza pública. Assim, a Administração
Municipal está excepcional.

3. Procurarei desempenhar o meu papel constitucional de Vice-Prefeito no
exercício do cargo de Prefeito Municipal, com o máximo respeito,
buscando harmonia institucional com o Poder Legislativo deste Município,
com os Poderes Judiciário, Legislativo e Executivo deste Estado, além de
parcerias com o Tribunal de Contas do Espírito Santo (TCES), o Tribunal
de Contas da União (TCU) e Ministérios Públicos Estadual e Federal.
Atuaremos com a maior transparência possível para disponibilizar e
permitir os bons e profícuos trabalhos dos competentes órgãos de
investigação e, igualmente, oportunizar todo o trabalho de defesa dos
suspeitos, investigados e/ou acusados.

4. Rogo a Deus que nos ilumine e, rogo, também, a toda a população para
que tenha fé e esperança, compreendendo que estaremos vivendo uma
situação de anormalidade político- administrativa, qual seja: a
INTERINIDADE ORA INICIADA, com prazo previsto de 60 dias

5. Tenho ciência do Poder Discricionário do Agente Público, mas, sei da
vinculação constitucional e legal das verbas públicas pré-destinadas (os
recursos carimbados), e vamos procurar atuar de acordo com a lei.

6. Concluo, pedindo e esperando que todos colaborem, torçam e até com
orações, para que este ente-federado, o Município de Presidente
Kennedy – ES, possa sair da excepcionalidade de governança e voltar o
quanto antes à normalidade político-administrativa, constitucionalmente
estatuída.

Gabinete do Prefeito no exercício da interinidade, Presidente Kennedy –
ES – Brasil, em 13 de maio de 2019.
DORLEI FONTÃO

Publicidade