Segurança

Plano para matar testemunhas de homicídio em Ibatiba é descoberto pela polícia

COMPARTILHE
7278

Agentes da 8ª Delegacia Regional e policiais do Serviço de Inteligência da PM (P2) e Força Tática cumpriram nesta sexta-feira (17), mandados de prisão e busca e apreensão de dois envolvidos em um homicídio ocorrido em 2015, que, na época, chocou a população da localidade de Santa Clara, interior de Ibatiba. 

Colisão e capotamento deixam trânsito complicado no Centro de Cachoeiro

Uma colisão entre dois veículos de passeio, na manhã desta segunda-feira (17), no Centro...

Ossada humana é encontrada em Castelo

Moradores do bairro Garage, em Castelo, encontraram na manhã desta segunda-feira (17), uma ossada...

Jovem de 23 anos é encontrada morta em ribanceira na BR 262 em Ibatiba

Uma jovem, de 23 anos, foi encontrada morta na manhã desta segunda-feira (17), em...

O crime ocorreu na manhã de um domingo, em 29 de março de 2015. O lavrador Damázio José de Oliveira, na época, com 58 anos, foi morto com cinco tiros em uma emboscada na garagem da própria casa, quando saia para retirar seu veículo. Os disparos atingiram braços, tórax e abdômen. Ele chegou a ser socorrido por familiares, mas morreu pouco depois de chegar ao hospital.

De acordo com o titular da 8ª Delegacia Reginal de Ibatiba, Cláudio Rodrigues, as apurações precisaram ser minuciosamente investigadas, já que havia um plano para matar as testemunhas do crime. O delegado preferiu não passar detalhes, já que a investigação sobre a participação de outros envolvidos na possível execução das testemunhas ainda está em andamento, mas revelou que C. S. F., de 37 anos, matou Damázio por vingança.

Continua depois da publicidade

C. já se encontra recluso em um presídio de Minas Gerais pelo crime de roubo, e tem uma extensa ficha criminal. O outro investigado, teve a prisão preventiva decretada pela Justiça e foi encaminhado ao Centro de Detenção Provisória (CDP) de Viana.

 

Publicidade