Cidades

Nova escola de Jabaquara será entregue nesta quinta (16) em Anchieta

COMPARTILHE
29

As obras de reforma geral da escola municipal Zuleika Flores da Purificação, localizada no distrito de Jabaquara, em Anchieta, já finalizaram e nesta quinta (16) será a reinauguração. O prefeito Fabrício Petri irá entregar à comunidade a nova escola, totalmente reformada. A solenidade de reinauguração irá ocorrer às 18h30.

Feira de Negócios de Cachoeiro terá programação esportiva

Para aqueles que curtem atividades esportivas, a Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (Semesp)...

Ações ecológicas marcam Dia de Proteção às Florestas em Cachoeiro

Nesta quarta-feira (17), em comemoração ao Dia de Proteção às Florestas, a Secretaria Municipal...

Solidariedade: vítima de acidente de moto recebe cuidados de família voluntária em Cachoeiro

Um gesto simples, mas transborda esperança em dias melhores. Assim é a história de...

Com a reforma, toda estrutura do prédio foi reforçada. Pintura de paredes e grades, melhorias no telhado e outras intervenções necessárias fizeram parte das obras.

De acordo com informações da Secretaria de Infraestrutura, o forro da unidade foi trocado por gesso, com objetivo de melhorar a climatização interna. O jardim, que fica atrás da escola, foi revitalizado, assim como o piso. Também com as obras, a quadra poliesportiva, que fica ao lado da unidade, recebeu pintura e outras melhorias.

Continua depois da publicidade

A empresa vencedora do processo licitatório, que executou as obras foi a Mafra Construtora ME. O valor do investimento foi de R$ 448.033,75, com recursos próprios do município.

“É um compromisso que estamos cumprindo. Iremos entregar a escola totalmente reformada. Os alunos de Jabaquara poderão estudar novamente na própria escola da comunidade”, comentou o prefeito.

Conforme a diretora da escola de Jabaquara, Adriana Miranda de Oliveira Martins, 307 alunos irão estudar na unidade, que atenderá estudantes da educação infantil ao ensino médio, além da Educação de Jovens e Adultos (EJA).

A escola municipal Zuleika Flores da Purificação foi interditada em 2015 pela própria prefeitura e todos os alunos foram transferidos para a unidade de Limeira.

Publicidade