Presidente Kennedy

Alunas do Prodes irão apresentar projeto em Congresso Capixaba de Direito Civil

COMPARTILHE
126

As alunas do curso de Direito custeadas pelo Programa de Desenvolvimento do Ensino Superior e Técnico no Municipio de Presidente Kennedy (Prodes), Silvana Mara Jordão Gomes Costalonga e Tássia Roberta dos Santos Corrêa Barreto, tiveram seus projetos selecionados e aprovados dentre vários alunos de todo o Estado para apresentação no II Congresso Capixaba de Direito Civil que será realizado em Cachoeiro de Itapemirim.

Obras da Escola Municipal de Marobá devem ser concluídas até janeiro de 2020

O secretário municipal de obras, Ângelo Cunha, visitou a construção da escola municipal de...

Sábado é dia de trilha no Maciço Rochoso, em Presidente Kennedy

A manhã deste sábado (26) foi dia de fazer uma trilha muito bacana no...

Prefeitura de Presidente Kennedy convoca aprovados em concurso público

A Prefeitura de Presidente Kennedy divulgou nesta quarta-feira (23) a lista com a convocação...

Elas confeccionaram projetos em dois eixos temáticos: Direito e Tecnologia e Liberdade e Privacidade. Os temas foram: “Robôs e softwares nas relações jurídicas: contribuição da tecnologia no meio jurídico, uma ameaça ou uma aliada?”; e “Drones, veículos aéreos não tripulados, seus limites e parâmetros para o uso: uma análise dos direitos ameaçados pelas consequências advindas da violação da privacidade”, respectivamente.

A apresentação irá ocorrer no próximo dia 30 de maio na FDCI – Faculdade de Direito de Cachoeiro de Itapemirim.

Continua depois da publicidade

O congresso terá enfoque na proteção aos dados pessoais. Serão realizadas palestras, debates e exposição de resumos por alunos e professores de todo o Estado com pesquisas relacionadas ao tema. As inscrições para participar do congresso já estão abertas.

Prodes

O Município de Presidente Kennedy investe no Programa de Desenvolvimento do Ensino Superior e Técnico (Prodes), com bolsas de estudos de graduação para cerca de 800 kennedenses, além de pós-graduação e mestrado.

Todos esses investimentos são para profissionalizar a população local, criando mão de obra qualificada, para atender as expectativas e demandas de novos postos de trabalho.

Só em 2018 foram investidos R$9 milhões no programa. Cerca de 500 universitários já se formaram e estão com os diplomas nas mãos. 21 faculdades são conveniadas, inclusive as que disponibilizam curso de medicina.

Área de anexos

Publicidade