Política Regional

Ales entra na Justiça contra corte de verbas na Ufes

COMPARTILHE
Foto: Lissa De Paula
160

A Mesa Diretora da Assembleia Legislativa do Estado do Espírito Santo, presidida pelo deputado estadual Erick Musso (PRB), ajuízou ação civil pública para garantir que a Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes) não seja atingida pelo bloqueio de verbas nas universidades federais. O corte de 30% foi anunciado pelo governo federal no último dia 30. A medida busca tentar impedir que o bloqueio de verbas interfira no funcionamento das instituições de ensino.

Ângelo assume como presidente interino e suspende contratos na Câmara de Guaçuí

O vereador Ângelo Moreira (PSDB) assumiu, de forma interina, a presidência da Câmara de...

População de Iúna pede harmonia entre Câmara e Prefeitura na aprovação de projetos

A relação entre a Prefeitura de Iúna e a Câmara tem passado por atritos...

Vidigal é membro de comissão externa que vai acompanhar ações do Ministério da Educação

O deputado federal Sérgio Vidigal (PDT-ES) foi designado membro da Comissão Externa, que vai...

“O corte de recursos no orçamento é um acinte. Como defender um futuro promissor, com reais oportunidades de emprego e renda, para nossos jovens se o governo federal corta a mais importante das políticas públicas? A educação não pode, de forma alguma, sofrer cortes, seja num ambiente de contenção de despesas ou diante de um cabo de guerra ideológico. A Assembleia do Espírito Santo não vai aceitar isso. Vamos reagir”, disse o presidente Erick Musso.

Confira a íntegra da ação 

Continua depois da publicidade

Fonte: Web Ales

Publicidade