Internacional

Ao menos 23 detentos morrem em rebelião em presídio na Venezuela

COMPARTILHE
13

Pelo menos 23 pessoas morreram e outras 22 ficaram feridas durante uma rebelião em um centro de detenção no estado de Portuguesa, no centro da Venezuela nesta sexta-feira, 24, segundo a ONG Observatório Venezuelano de Prisões (OVP). O Ministério Público, ligado ao chavismo, confirma apenas três mortes, mas diz estar investigando o caso.

Cazaquistão: explosão em arsenal militar obriga retirada de habitantes de cidade

Uma explosão causou um incêndio nesta segunda-feira, 24, em um arsenal militar na cidade...

Chefe do Exército e outras três autoridades são assassinados na Etiópia

O governo da Etiópia informou neste domingo, 23, que o chefe do Exército, Seare...

Crise conjugal afeta sucessão no Reino Unido

Favorito para suceder Theresa May no cargo de premiê do Reino Unido, o ex-chanceler...

A rebelião ocorreu no Comando Geral da Polícia no município de Páez. Segundo a OVP, agentes do Ministério de Serviços Penitenciários massacraram os detentos após uma rebelião.

De acordo com o diário venezuelano El Nacional, 14 agentes penitenciários ficaram feridos.

Continua depois da publicidade

Um procurador da república que rompeu com o governo, também citado pelo Nacional, divulgou um vídeo nas redes sociais de réus armados com pistolas e granadas, ao lado de mulheres que foram tomadas como reféns durante a rebelião.

“Aqui dentro ninguém vai entrar. Estou disposto a morrer”, diz um detento no vídeo. “É a nossa vida e a dos visitantes que está em risco.” (Com agências internacionais)

Estadao Conteudo
Copyright © 2019 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Publicidade