Economia

Bolsonaro quer mecanismo para reavaliar patrimônio declarado no IR

COMPARTILHE
20

O presidente Jair Bolsonaro pediu que a Receita Federal estude um projeto que permita reavaliar patrimônios declarados no Imposto de Renda, afirmou nesta quarta-feira, 22, o chefe do órgão, Marcos Cintra.

Mesmo passada a recessão, 21,5 mil empresas fecharam as portas em 2017, diz IBGE

No ano de 2017, após o País ter enfim conseguido se livrar da recessão,...

Comissão da reforma tenta encerrar debate; voto complementar deve ser lido quinta

A Comissão Especial da reforma da Previdência vai tentar encerrar o debate da matéria...

Estoque total de crédito sobe 0,6% em maio ante abril para R$ 3,287 tri, diz BC

O estoque total de operações de crédito do sistema financeiro subiu 0,6% em maio...

Sem dar mais detalhes, Cintra disse que a temática do projeto é a reavaliação de patrimônios que “normalmente são declarados com valores históricos” e que “poderiam eventualmente ser declarados para valores de mercado”. Segundo ele, a medida irá implicar em agilização de mercado, facilitação de negócios, e “alguma arrecadação extra em função dos que vierem a optar por um regime diferenciado”.

O secretário falou com a imprensa após encontro com Bolsonaro, que na manhã desta quarta-feira mencionou o projeto que, segundo ele, deve trazer arrecadação maior do que a reforma da Previdência, sem dizer o que traria esse economia. Perguntado sobre os valores, Cintra destacou que não tinha detalhes do projeto, e que a economia será estudada pela Receita.

Continua depois da publicidade

“Ele vai me passar o projeto mais detalhadamente, apenas mencionou que era um projeto que ele gostaria que a Receita estudasse com bastante cuidado”, disse Cintra, respondendo ainda que o projeto valerá “provavelmente tanto para pessoa jurídica como física.”

O secretário negou que uma reavaliação signifique aumento de impostos na prática, afirmando que a mera declaração de valor não implica nenhuma tributação. Questionado sobre o fato da correção do valor patrimonial para quem teve um imóvel valorizado poder aumentar o imposto, por exemplo, Cintra apenas afirmou que isso é legislação de IPTU, e não de Imposto de Renda, voltando a afirmar que não tem detalhes do projeto.

Amanda Pupo e Julia Lindner
Estadao Conteudo
Copyright © 2019 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Publicidade