Economia

Melhora externa e da cena política ajuda no recuo das taxas futuras de juros

COMPARTILHE
9

Os juros futuros recuam na manhã desta terça-feira, 21, refletindo a melhora do humor externo e com o cenário político local. Pouco antes das 9h30, no entanto, as taxas renovaram máximas quando o dólar chegou a migrar para o terreno positivo. No radar estão a da reunião do Conselho de Governo, no Palácio da Alvorada, com participação do presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, além da reforma da Previdência.

Bolsonaro diz que governo estuda reduzir imposto para produtos de tecnologia

O presidente da República, Jair Bolsonaro, usou as redes sociais neste domingo, 16, para...

Funcionários do BNDES farão ato contra 'desconstrução antipatriótica' do banco

Funcionários do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) vão promover um ato...

Gestão de Levy no BNDES foi marcada por atritos com governo e com funcionários

Os seis meses de gestão de Joaquim Levy à frente do Banco Nacional de...

Nesta terça a Comissão Especial da Câmara realiza audiência pública para debater o Benefício de Prestação Continuada (BPC) (14h30). O relator da reforma na comissão, deputado Samuel Moreira (PSDB-SP), disse na segunda-feira, 20, que as mudanças serão feitas a partir da proposta apresentada pelo governo, e disse que o que se busca é garantir uma economia de ao menos R$ 1 trilhão em uma década, como quer o governo.

Às 9h30, a taxa do contrato interfinanceiro (DI) para janeiro de 2021 estava em 6,93%, de 6,97% no ajuste de segunda. O DI para janeiro de 2023 exibia 8,16%, na máxima, de 8,19%, enquanto o vencimento para janeiro de 2025 marcava 8,76%, de 8,79% no ajuste da véspera.

Continua depois da publicidade

Luciana Antonello Xavier
Estadao Conteudo
Copyright © 2019 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Publicidade