Economia

EUA relaxam restrições à companhia chinesa Huawei

COMPARTILHE
9

O governo dos Estados Unidos relaxou temporariamente restrições comerciais impostas na semana passada à companhia Huawei, da China, numa decisão voltada a minimizar problemas para seus clientes. O Departamento do Comércio diz em nota que a licença entrou em vigor na segunda-feira, 20, e vale por 90 dias.

Bolsonaro diz que governo estuda reduzir imposto para produtos de tecnologia

O presidente da República, Jair Bolsonaro, usou as redes sociais neste domingo, 16, para...

Funcionários do BNDES farão ato contra 'desconstrução antipatriótica' do banco

Funcionários do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) vão promover um ato...

Gestão de Levy no BNDES foi marcada por atritos com governo e com funcionários

Os seis meses de gestão de Joaquim Levy à frente do Banco Nacional de...

O secretário de Comércio americano, Wilbur Ross, afirmou que isso possibilitará a manutenção de redes de negócios existentes e a realização de atualizações nos dispositivos existentes da empresa asiática, a maior fabricante de equipamentos de telecomunicações do mundo. O governo americano disse que permitirá transações “específicas, limitadas” envolvendo os itens da Huawei e suas 69 afiliadas de fora dos EUA, o que garantirá a continuidade das operações para os usuários de celulares existentes e de redes rurais de banda larga da empresa.

Gabriel Bueno da Costa
Estadao Conteudo
Copyright © 2019 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Continua depois da publicidade