Economia

Venezuela: Postos de combustíveis em Maracaibo registram longas filas

COMPARTILHE
14

As sanções dos Estados Unidos contra a Venezuela, grande produtor de petróleo, parecem fazer efeito, já que são observadas longas filas em postos de combustível na segunda maior cidade do país, Maracaibo.

Câmara rejeita MP que destina R$ 3,5 bi à Eletrobras

Depois de mais de quatro horas de deliberação, o plenário da Câmara rejeitou a...

Caixa: recálculo da prestação de contratos imobiliários pelo IPCA será mensal

O vice-presidente da Habitação da Caixa Econômica Federal, Jair Mahl, esclareceu que o...

MRV: Nova modalidade de crédito imobiliário da Caixa beneficia diversificação

Em comunicado ao mercado, a MRV afirma que a nova modalidade de crédito apresentada...

Russ Dallen, da corretora de valores Caracas Capital Markets, com sede em Miami, afirmou neste domingo que a Venezuela utiliza atualmente 15% da capacidade, após a queda da produção.

A produção já estava em declínio antes das sanções impostas pelo governo Trump, com o objetivo de pressionar o presidente Nicolas Maduro. Dallen diz que essas medidas estão começando a causar mais problemas, já que as refinarias da Venezuela também estão entrando em colapso.

Continua depois da publicidade

Alguns motoristas dizem que tiveram que esperar 24 horas na fila. Yoli Urdaneta, médica de Maracaibo, diz que está tentando abastecer há quatro dias para poder trabalhar. Ela diz que seu tanque vazio coloca a vida dos pacientes em risco. Fonte: Associated Press.

Estadao Conteudo
Copyright © 2019 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Publicidade