Esporte Nacional

Márquez vence em Le Mans, abre vantagem no Mundial e Honda soma a 300ª vitória

COMPARTILHE
19

O espanhol Mac Márquez ganhou, neste domingo, a etapa da França de MotoGP, no circuito de Le Mans, seguido pelos italianos Andrea Dovizioso e Danilo Petrucci (ambos da Ducati), e ampliou sua vantagem na liderança do Mundial. Ele completou as 27 voltas com o tempo de 41min53s647 (161,8 km/h).

Poupado, Everton é principal ausência no Grêmio para jogo contra o Athletico-PR

Everton é a ausência mais impactante na lista de relacionados do Grêmio para a...

Gareca libera Guerrero da seleção e jogador pode defender Inter na Copa do Brasil

Os pedidos da diretoria do Internacional e, especialmente, de Paolo Guerrero surtiram efeito. Nesta...

Thiago Carpini aposta em reabilitação do Guarani: 'Ainda não estamos rebaixados'

Thiago Carpini encarou os microfones com naturalidade e não fugiu das perguntas na primeira...

Cinco vezes campeão da categoria e vencedor dos três últimos campeonatos, Márquez, de 26 anos, precisou superar apenas uma pequena batalha com o australiano Jack Miller no começo da corrida. Depois, assumiu a liderança e venceu com tranquilidade pela 47ª vez na principal categoria do motociclismo. A corrida também foi histórica para a Honda, que somou a 300ª vitória.

“Sempre é difícil en Le Mans”, disse Márquez, destacando o bom trabalho de Dovizioso e Petrucci. O espanhol alcançou 95 pontos, oito a mais que Dovizioso e 20 sobre o espanhol Álex Rins (Suzuki), que neste domingo terminou apenas em décimo lugar.

Continua depois da publicidade

Depois de brigar pela liderança da prova, Miller foi superado pelas duas Ducati, mas conseguiu impedir o avanço do veterano Valentino Rossi, que ficou com a quinta colocação. O supercampeão é o quarto na classificação, com 72 pontos.

O espanhol Pol Espargaró (KTM) terminou na sexta colocação, seguido pelo ítalo-brasileiro Franco Morbidelli e pelo francês Fabio Quartararo (ambos da Yamaha). Cal Crutchlow, da Grã-Bretanha, levou sua Honda para a nona colocação.

Companheiro de Rossi na Yamaha, o espanhol Maverick Viñales, que havia sido o mais rápido nos treinos livres de sexta-feira, caiu na décima volta, após se tocar com o italiano Francesco Bagnaia, companheiro de Jack Miller.

A sexta das 19 etapas previstas do Mundial vai ser disputada no circuito de Mugello, na Itália, dia 2 de junho.

Estadao Conteudo
Copyright © 2019 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Publicidade